Início / Agricultura / Olivum e GNR fazem acção de sensibilização de combate ao furto de azeitona no distrito de Beja

Olivum e GNR fazem acção de sensibilização de combate ao furto de azeitona no distrito de Beja

A Olivum — Associação de Olivicultores e Lagares de Portugal, em cooperação com o Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Beja, realizou a acção de sensibilização “Campo Seguro”, no passado dia 13, em Beja, com o intuito de combater o recorrente furto de azeitona nos olivais do distrito.

Com o objectivo de unir esforços e promover a protecção dos recursos agrícolas da região por forma a garantir a segurança da campanha da azeitona 2023/24, a GNR liderou uma sessão de esclarecimentos junto dos profissionais do sector e revelou as medidas e iniciativas que têm contribuído no combate ao delito, refere uma nota de imprensa da Associação. Entre elas encontra-se o reforço no patrulhamento, na fiscalização e ainda o desenvolvimento de acções de sensibilização junto de profissionais do sector e da sociedade em geral.

“Graças a esse trabalho, as acções da GNR, no decorrer do ano passado, resultaram na detenção de 62 indivíduos e na apreensão de mais de 26 toneladas de azeitona”, acrescenta a mesma nota.

Furtos aumentam

Para a Olivum, a Operação ‘Campo Seguro 2023’ representa um esforço colectivo para combater uma ameaça que tem uma expressão cada vez maior no sector. “A olivicultura é uma parte vital da nossa economia e cultura, e estas acções são cruciais para preservar o nosso património e garantir um futuro sustentável para a produção de azeite em Portugal. É imperativo que se desenvolva uma cooperação de todos os envolvidos na cadeia de produção do azeite para que seja possível proteger o nosso sector que tantos desafios tem enfrentado”, sublinha Pedro Lopes, presidente da Olivum.

Na sessão, que juntou mais de 50 pessoas, esteve ainda presente o representante da Unidade Local do Baixo Alentejo e Litoral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), Carlos Graça, que teve oportunidade de esclarecer questões relacionadas com as obrigações a nível de contratação de mão-de-obra, e cooperativas de destaque no sector agrícola, incluindo a Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos e a Cooperativa Agrícola de Beja e Brinches.

A iniciativa “Campo Seguro” demonstra o “compromisso conjunto de entidades do sector e das forças de segurança locais para proteger a olivicultura em Beja. A Olivum e a GNR continuam a trabalhar em estreita colaboração para combater os furtos de azeitona e garantir um campo mais seguro em toda a cadeia de produção”, refere a mesma nota.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Confederação das micro e pequenas empresas: redução do IRC visa “essencialmente as grandes empresas”

Partilhar              A CPPME — Confederação Portuguesa de Micro, Pequenas e Médias Empresas considera que “a redução …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.