Início / Agricultura / Governo paga em Julho cortes dos ecorregimes através do Orçamento do Estado
© Ministério da Agricultura

Governo paga em Julho cortes dos ecorregimes através do Orçamento do Estado

O Ministério da Agricultura e Pescas informa que, em Julho, os cortes que estavam projectados na agricultura biológica e na produção integrada serão integralmente compensados. O Orçamento de Estado pagará, sob a forma de auxílio de estado, os montantes necessários aos agricultores, equivalentes aos cortes previstos.

“Nos pagamentos de Junho, no ecorregime agricultura biológica, em vez do corte de 35% inicialmente anunciado, haverá uma redução do corte para 21,5%. Na produção integrada o corte de 25% será reduzido para 13,5%. Em Julho, os cortes serão integralmente compensados através de auxílios de estado”, garante um comunicado de imprensa do Ministério.

Até ao fim do mês de Junho, será ainda pago um valor suplementar de 30 milhões de euros, na ajuda ao rendimento base dos agricultores, onde cada beneficiário receberá mais cerca de 11% em relação ao que estava previsto. Nesta ajuda ao rendimento base o número total de beneficiários ultrapassa os 74 mil, realça o mesmo comunicado.

Pedido Único

Quanto aos pagamentos referentes ao Pedido Único de 2023, “estão a ser executados conforme o calendário publicado pelo IFAP [Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas]. Foi possível antecipar parte do pagamento associado dos cereais que foram pagos em Maio quando inicialmente estavam previstos para Junho”.

“Estamos a cumprir, a reforçar o rendimento ao agricultor e a dar previsibilidade e estabilidade”, diz o ministro da Agricultura e Pescas, José Manuel Fernandes.

Pode consultar o calendário indicativo de pagamentos do PU 2023 aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Tem porcos? Declaração obrigatória de existências tem de ser feita até 31 de Agosto de 2024

Partilhar              A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que no mês de Agosto de 2024, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.