Início / Agricultura / OE 2024. Ministério da Agricultura avança com criação de rede de explorações de demonstração
© Ministério da Agricultura

OE 2024. Ministério da Agricultura avança com criação de rede de explorações de demonstração

O Ministério da Agricultura e da Alimentação pretende “reforçar o trabalho em rede com os agentes do sector agrícola através da criação de uma rede de explorações de demonstração (Rede AGRI-DEM), que promova a troca de conhecimento, a aprendizagem cruzada entre actores e a adopção eficiente da inovação no sector agrícola”. Esta é uma das propostas no Orçamento do Estado para 2024 por parte da ministra Maria do Céu Antunes.

Desta rede, promovida pela Rede Rural Nacional, está já em curso a Rede-AGRI-DEM_Solo, com o apoio da Parceria Portuguesa para o Solo e do Grupo de Trabalho da Inovação, que teve a sua primeira acção de demonstração no passado mês de Julho, na Quinta da Covela, em Baião,

Esta acção iniciou assim a implementação de uma rede de explorações de demonstração para a adopção de inovação e boas práticas na melhoria da saúde do solo no sector agrícola e florestal, onde se destaca o intercâmbio de conhecimentos e aprendizagem entre pares e os actores de inovação, avançava na altura a DGADR — Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural.

Segundo o relatório da proposta de Orçamento do Estado para 2024, o Ministério da Agricultura compromete-se ainda a “fortalecer e promover um Sistema de Conhecimento e Inovação Agrícola, para dar resposta às necessidades e oportunidades do sector agrícola e florestal, através do incremento do apoio técnico, da transferência do conhecimento/inovação”.

E a “dinamizar a organização da produção, como o ganho de escala e o aumento do rendimento dos agricultores, através das organizações e agrupamentos de produtores multiprodutos”, “promover a formação e o aperfeiçoamento profissional dos agentes económicos e sociais”, e “promover a produção nacional, a adopção de sistemas de produção e distribuição mais sustentáveis, as cadeias curtas de abastecimento, a valorização dos produtos de qualidade e da dieta mediterrânica”.

Por outro lado, para 2024, o Ministério da Agricultura pretende “promover o regadio eficiente e sustentável, com efeito multiplicador no desenvolvimento económico e social dos territórios envolventes”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Oceanário de Lisboa tem bilhetes com 50% de desconto em semana de aniversário

Partilhar              O Oceanário de Lisboa, para assinalar o seu 26.º aniversário, traz a sua mascote Vasco, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.