Início / Empresas / Cofidis adere ao programa de incentivo ao consumo sustentável de água da torneira da EPAL

Cofidis adere ao programa de incentivo ao consumo sustentável de água da torneira da EPAL

A Cofidis acaba de aderir ao programa de incentivo ao consumo sustentável de água da torneira da EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres. A partir de agora, passará a consumir-se, em exclusivo, água da rede pública nas instalações da Cofidis, onde serão disponibilizados jarros de ‘Água da EPAL’ nas áreas comuns da empresa tais como salas de reuniões, áreas de coffee break e refeitórios.

Esta iniciativa surge no seguimento do desafio ´Água da Torneira’, lançado pela EPAL a todas entidades públicas e privadas da cidade de Lisboa de consumirem água da rede pública nas suas áreas comuns.

O compromisso da Cofidis é firmado hoje, dia 21, num ‘Dia dedicado à Água da Torneira’ em que se pretende mostrar que beber água da torneira é um gesto sustentável que espelha a confiança na missão da EPAL de serviço público de excelência.

A empresa vai ainda realizar uma palestra subordinada ao tema ‘Valor e Sustentabilidade da Água da Torneira’ em que se abordará questões ligadas à qualidade da água, dicas de uso eficiente, serviços de poupança e água virtual, que terminará com um workshop de preparação de águas aromatizadas e provas de degustação.

Laurence Facon, Directora de Qualidade e Sustentabilidade da Cofidis Portugal, realça a importância do consumo sustentável de água e refere que “este é mais um passo na jornada de sustentabilidade da Cofidis. Através desta iniciativa, pretendemos mostrar total confiança na água da torneira que é distribuída pela EPAL e, ao mesmo tempo, promover uma mudança de comportamentos no consumo e uso eficiente da água junto dos nossos colaboradores, em prol de um Planeta mais sustentável.”

Recorde-se que a Cofidis inaugurou, no ano passado, a sua nova sede, as Natura Towers, que reflecte o compromisso da empresa com a sustentabilidade: o edifício foi concebido para promover o bem-estar dos seus colaboradores, clientes e parceiros, e caracteriza-se, entre outras coisas, pela sua capacidade de captar e armazenar águas pluviais, dispor de painéis solares nas fachadas, e de oferecer o maior jardim vertical de Lisboa, com cerca de 1.000 metros quadrados, que fazem das Natura Towers um edifício único ao nível da sustentabilidade ambiental.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Rede de Apoio à Inovação Rural tem formação gratuita sobre Economia Circular

Partilhar              O projecto de cooperação transfronteiriço RAIA – Rede de Apoio à Inovação Rural, que visa …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.