Início / Featured / Possibilidades de pesca de bacalhau aumentam 52,5% face ao Total Admissível de Captura anterior

Possibilidades de pesca de bacalhau aumentam 52,5% face ao Total Admissível de Captura anterior

As possibilidades de pesca de bacalhau na divisão 3M, na área contígua à zona económica exclusiva do Canadá, vão aumentar 52,5% em 2023 para 5.791 toneladas. Um aumento de 309 toneladas face ao Total Admissível de Captura anterior, anuncia o Ministério da Agricultura e da Alimentação.

A 44ª Reunião Anual da Organização de Pescas do Atlântico Noroeste (NAFO), decorreu entre os dias 19 e 23 de Setembro, no Palácio da Bolsa, no Porto, e contou com a participação da secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, em representação do Governo português.

Esta Organização Regional de Gestão das Pescas (ORGP) tem por objectivo gerir, numa base multilateral, os recursos de pesca situados no alto mar, numa zona contígua à Zona Económica Exclusiva do Canadá, e integra 13 Partes Contratantes: Canadá, Cuba, Dinamarca, em representação das Ilhas Faroé e da Groenlândia (DFG), Estados Unidos da América, Federação Russa, França, em representação de S. Pierre et Miquelon (SPM), Islândia, Japão, Noruega, Reino Unido, República da Coreia, Ucrânia e a União Europeia.

O destaque das negociações deste ano incidiu no stock de bacalhau 3M, cujo relatório do Conselho Científico da NAFO 2023 aconselhava para o estabelecimento de um Total Admissível de Captura (TAC) de 5.791 toneladas, contudo, Portugal considerou existir margem para, em face do aconselhamento científico apresentado, poder ir-se um pouco mais longe em matéria de possibilidades de pesca. A posição portuguesa foi apoiada por Espanha em coordenação com a Comissão Europeia e defendida em plenário por esta última.

As negociações resultaram no estabelecimento de um incremento de 52,5% face ao TAC anterior (mais 309 toneladas).

Sobre os outros stocks de relevo para Portugal mantiveram-se as possibilidades de pesca de cantarilho na Divisão 3O (5229t) e um decréscimo de palmeta de 5% face a 2022.

Em 2023 irá manter-se o encerramento da pescaria de camarão 3M, prosseguindo as discussões relativas à transição do modelo de gestão desta unidade populacional para um sistema de TAC que é actualmente gerido em dias de pesca.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

BE quer estatuto profissional de faroleiro. E alerta: nos Açores há 27 faroleiros para 16 faróis

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) defende a “criação um Estatuto Profissional de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.