Início / Agenda / Partidos apresentam programa eleitoral para a agricultura nas Jornadas Internacionais do Hospital Veterinário Muralha de Évora

Partidos apresentam programa eleitoral para a agricultura nas Jornadas Internacionais do Hospital Veterinário Muralha de Évora

As XV Jornadas Internacionais do Hospital Veterinário da Muralha de Évora realizam-se nos próximos dias 1 e 2 de Março, no Évorahotel, sob o tema “360º em Torno da Pecuária”. A dez dias das eleições legislativas antecipadas, agendadas para 10 de Março, os partidos políticos são convidados a apresentarem as suas propostas para o sector agrícola que se encontra em ebulição por toda a Europa.

Este ano as Jornadas integram também a “Wool Conference 2024”, a primeira conferência internacional sobre a lã, realizada em parceria com a Ancorme — Associação Nacional de Criadores de Ovinos de Raça Merina, que visa valorizar esta matéria-prima envolvendo todos os elementos da fileira, desde a criação da ovelha à camisola que nos aquece, refere um comunicado de imprensa da organização das Jornadas, a cargo do Hospital Veterinário Muralha de Évora e da Equimuralha .

Cumprindo a “missão de inovação técnica e científica que tem marcado a história deste congresso”, Nuno Prates, presidente da comissão organizadora, destaca a importância do associativismo como solução para os diferentes desafios que o sector enfrenta, assim como, a oportunidade de os congressistas conhecerem o programa eleitoral dos partidos para poderem votar a proposta mais benéfica para o sector.

Casos de sucesso

No dia 1 de Março, o congresso abre com dois exemplos de sucesso de associativismo trazidos de Espanha: a experiência da Covap — Cooperativa Ganadera del Valle de los Pedroches, que tem demonstrado ao Mundo o mérito da união dos produtores pecuários, e o exemplo da Cobadu — Sociedad Cooperativa Limitada Bajo Duero que vai testemunhar a importância do desenvolvimento associativo na produção pecuária.  Segue-se o debate na mesa redonda onde será discutida a relevância da união dos produtores como a única salvação para a pecuária extensiva.

O tema das pastagens regenerativas, como estratégia vital de adaptação às alterações climáticas, assim como, a doença hemorrágica epizoótica, que tem afectado a rentabilidade de muitas explorações agrícolas, merecem destaque dado a sua actualidade. A Agriangus (dedicada à criação de bovinos da raça Aberdeen-Angus), empresa vencedora do prémio “Inovar na Pecuária Extensiva 2023”, atribuído nas Jornadas anteriores, terá oportunidade de apresentar o seu modelo de produção diferenciador que cumpriu com distinção os quatro critérios avaliados no concurso: sustentabilidade ambiental, inovação tecnológica, rentabilidade e bem-estar animal.

Desafios na produção equina

Em paralelo, na sala ao lado, decorre o programa dedicado aos cavalos sob o tema “Avanços e Desafios na Produção Equina”. Composto por dez palestras, os oradores irão debater soluções transversais na prevenção das diferentes patologias e formas alternativas de alimentação tendo em conta o contexto actual.

Dia 2 de Março, sobe ao palco a “Wool Conference 2024” fruto de uma parceria com a Ancorme. O programa é diversificado e aprofunda todo o processo de produção da lã com foco na comercialização mundial desta matéria-prima. Temas como produzir lã de qualidade, factores-chave para a sua comercialização e a versatilidade da fibra vão ser debatidos ao longo do segundo dia das Jornadas. Esta vai ser uma oportunidade para projectar a lã trilhando-lhe um novo caminho através do diálogo entre produtores e oradores convidados.

O congresso conta, ainda, com uma vertente prática composta por três workshops destinados a médicos veterinários, estudantes universitários e produtores de ovinos e com uma componente científica assinalada com a atribuição de três prémios em áreas distintas que visam valorizar as boas práticas aplicadas: “Inovação na Pecuária Extensiva 2024”, a segunda edição, “Prémio Sociedade Portuguesa de Ciências Veterinárias” e Prémio ANEMBE — Asociación Nacional de Especialistas en Medicina Bovina de España.

Este ano, a componente cultural tem a assinatura da escultora Maria Leal da Costa, com a exposição “Bestiário Fraterno” onde se cruzam animais imaginários e reais, pensada para o efeito. Várias peças de design em lã vão ser expostas mostrando as diferentes e criativas aplicações desta matéria-prima totalmente natural.

À semelhança de anos anteriores, as XV Jornadas integram uma prova de vinhos e uma degustação de produtos regionais, seguido de um jantar de gala muito apreciado pelos congressistas como uma oportunidade única de promoverem a respectiva networking e potenciais negócios e parcerias.

Saiba tudo sobre as Jornadas aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

CCIP promove conferência “Sustentabilidade e Competitividade” em parceria com Novo Banco

Partilhar              A Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP), em parceria com o Novo Banco e …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.