Início / Agricultura / Operação Floresta Segura da GNR em curso até 30 de Novembro
© GNR

Operação Floresta Segura da GNR em curso até 30 de Novembro

A Guarda Nacional Republicana (GNR) iniciou, no dia 1 de Fevereiro, a Operação Floresta Segura que decorre, até 30 de Novembro, com o objectivo de executar acções de sensibilização, de fiscalização, de vigilância e detecção de incêndios rurais, de investigação de causas dos crimes de incêndio florestal e validação das áreas ardidas, de forma a prevenir, detectar, combater os incêndios rurais e reprimir actividades ilícitas, procurando garantir a segurança das populações e a preservação do património florestal.

No âmbito da sensibilização a Guarda Nacional Republicana, até ao dia 3 de Março, realizou 715 acções de sensibilização, tendo alcançado 14.471 pessoas, com o objectivo de evitar comportamentos de risco, a adopção de medidas de autoprotecção e uso correcto do fogo, por parte das comunidades, refere um comunicado de imprensa da GNR.

Foram efectuadas 2.859 sinalizações nas freguesias prioritárias, sendo aquelas que apresentam potencial risco de incêndio rural, registadas 206 ocorrências de incêndio e 22 contra-ordenações (14 por queimas e oito por queimadas). Foram registados até ao momento 93 crimes, tendo sido efectuadas três detenções e identificados 13 suspeitos, adianta o mesmo comunicado.

Limpeza de terrenos

Nesta fase, os militares encontram-se no terreno a percorrer as faixas de gestão de combustível das freguesias prioritárias, com o objectivo de se proceder à sinalização e georreferenciação dos terrenos rurais que pela sua localização apresentem potencial risco de incêndio, promovendo em simultâneo, acções de informação e sensibilização junto dos proprietários, para que realizem voluntariamente a limpeza dos terrenos até 30 de Abril de 2024, evitando que, após o dia 1 de Maio de 2024, possam encontrar-se em incumprimento.

Esta fase da operação tem como objectivo principal a prevenção com acções de sensibilização dirigidas aos cidadãos e entidades, com vista à alteração de comportamentos e à adopção das melhores práticas de segurança individual e colectiva. O esforço principal está a ser desenvolvido para despertar consciências para a importância da adopção de medidas de autoprotecção e para a redução do risco de ocorrência de incêndios, realça a GNR.

A Operação Floresta Segura da GNR “contribui decisivamente para uma redução significativa do número de ocorrências graves e dos impactos negativos que podem causar na sociedade. A protecção de pessoas e bens, no âmbito dos incêndios rurais, continua a assumir-se como uma das prioridades estratégicas para a GNR, sustentada numa actuação preventiva e num reforço de patrulhamento nas áreas florestais”, reforça o mesmo comunicado.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Já são conhecidos os vencedores do Prémio Nacional de Enoturismo 2024

Partilhar              A gala da terceira edição do Prémio Nacional de Enoturismo Apeno/Ageas Seguros 2024, considerado o …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.