Início / Agricultura / Ministra da Agricultura atribui Medalha de Honra ao Comendador Manuel dos Santos Gomes

Ministra da Agricultura atribui Medalha de Honra ao Comendador Manuel dos Santos Gomes

A ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, entregou hoje, 15 de Novembro, em sessão solene, a Medalha de Honra ao Comendador Manuel dos Santos Gomes, presidente da direcção da Confagri — Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas.

Na cerimónia, estiveram presentes personalidades representantes dos diferentes organismos do sector agrícola nacional. O discurso laudatório esteve a cargo do secretário-geral da Confagri, Francisco Silva.

O homenageado, natural de Fajões, Oliveira de Azeméis, tem uma obra e actividade multifacetada, pois, para além de ter exercido a função de presidente de Junta da sua Freguesia, de ter passado pelo sector associativo popular, bem como uma multiplicidade de organizações ligadas à agricultura, que vão desde ADS´S, associações diversas na área da bovinicultura leiteira, ao Observatório da Caça, ao matadouro e membro do Conselho Económico e Social, teve um contributo decisivo na construção de uma das obras mais notáveis da agricultura portuguesa de cariz Cooperativo desde o 25 de Abril – a Lactogal, que se afirmou como líder no mercado do leite e dos lacticínios em Portugal.

Entre as diversas organizações em que desempenhou funções, destacam-se a presidência de algumas mais relevantes a nível nacional, nomeadamente: Proleite — Cooperativa Agrícola de Produtores de Leite, Lactogal — Produtos Alimentares, Fenalac – Federação Nacional das Cooperativas de Produtores de Leite, Confagri e Confederação Portuguesa de Economia Social (CPES).

No seu discurso, a ministra da Agricultura e da Alimentação, referiu que a Medalha de Honra da Agricultura e Alimentação concedida a Manuel dos Santos Gomes surge como o reconhecimento público pelo seu valioso e excepcional contributo pelos relevantes serviços prestados e pelo seu valioso e excepcional contributo em prol agricultura e do mundo rural, de forma particularmente dedicada e empenhada, de acção continuada, contribuíram e continuarão a contribuir para o desenvolvimento e valorização da agricultura, da floresta e do mundo rural.

Esta distinção complementa a atribuída pelo então Presidente da República, Professor Aníbal Cavaco Silva, em 2012, do Grau de Comendador da Classe do Mérito Agrícola, Ordem do Mérito Empresarial.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Produtores florestais querem 10% do Fundo Ambiental para mitigação das alterações climáticas

Partilhar              As seis federações de produtores florestais “exigem o reforço, a previsibilidade e a desburocratização do …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.