Início / Agricultura / Madeira. Direcção Regional de Agricultura alerta para presença da lagarta da folha da figueira

Madeira. Direcção Regional de Agricultura alerta para presença da lagarta da folha da figueira

A lagarta da folha da figueira (Choreutis nemorana) foi detectada na Região Autónoma da Madeira, observando-se, inclusive, ataques significativos na actual campanha. A Direcção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural, alerta sobre duas lagartas que atacam a cultura da figueira, a lagarta da folha da figueira (Choreutis nemorana) e a broca dos ramos figueira (Azochis gripusalis), “para que os produtores estejam atentos aos seus pomares e possam tomar as medidas de controlo mais adequadas”.

Fase adulta da lagarta das folhas da figueira

Lagarta da folha da figueira

Explica Miguel Teixeira, da Divisão de Assistência Técnica Agronómica, que o adulto de Choreutis nemorana tem uma envergadura de até 20 mm, caracterizada por apresentar asas castanho-avermelhadas.

A lagarta chega a 20 mm de comprimento, apresenta cor amarelo-esverdeado pálido, uma cabeça amarela com pontos pretos na parte superior, sendo a principal responsável pelos danos causados.

As lagartas alimentam-se das folhas das figueiras (Ficus carica), nas quais causam danos muito importantes, apenas deixando as nervuras mais duras, deixando-as parecida a uma espécie de rendilhado.

Lagarta alimentando-se dos ramos da figueira

Broca dos ramos figueira

Quanto à broca dos ramos figueira (Azochis gripusalis), refere Miguel Teixeira que o adulto é uma pequena borboleta, medindo cerca de 30 mm de envergadura.

A postura dos ovos é realizada sobre os ramos ou na base do pecíolo das folhas, geralmente de Outubro a Fevereiro, podendo se estender até Abril. Dos ovos eclodem pequenas lagartas que se alimentam, no início, da casca tenra dos ramos, passando para a parte lenhosa dos ramos, restringindo seu ataque à medula.

Os excrementos são inicialmente expelidos pelo orifício de entrada da galeria e vão obstruir a galeria depois, protegendo a broca de humidade e de seus inimigos naturais.

À medida que a broca penetra no ramo, as folhas vão murchando e os frutos vão atrofiando e secando, podendo comprometer totalmente a produção.

Leia este alerta completo e conheça como controlar esta praga aqui.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 more

Verifique também

Lagoa assume presidência da Associação dos Municípios Portugueses do Vinho

Partilhar             more  A AMPV – Associação dos Municípios Portugueses do Vinho era presidida pelo município do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.