Início / Agricultura / INE estima redução de 20% na produção de azeitona para azeite

INE estima redução de 20% na produção de azeitona para azeite

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A colheita da azeitona para azeite está atrasada, estimando o Instituto Nacional de Estatística (INE), nas suas previsões agrícolas, em 31 de Dezembro, uma redução de 20% na produção (e fundas mais baixas) face à campanha anterior, com os olivais tradicionais a apresentarem cargas muito heterogéneas.

Explicam os técnicos do INE, no Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Janeiro de 2019, que na azeitona para conserva, a redução da produção é semelhante, com os frutos a apresentarem boa qualidade e calibre.

A colheita da azeitona para azeite ainda decorre, tendo-se observado um atraso significativo na maturação, consequência das condições climatéricas registadas ao longo do ciclo. A carga de frutos foi muito heterogénea nos olivais tradicionais de sequeiro (ano de contrassafra), prevendo-se um decréscimo de 20% na produção de azeitona, face à campanha anterior.

De referir que a funda (rendimento da azeitona em azeite) tem vindo a aumentar com o decorrer da colheita, ainda que as estimativas apontem para um resultado abaixo do alcançado no ano anterior.

Área instalada de cereais de Inverno diminui

Já no que diz respeito aos cereais, as Previsões Agrícolas do INE apontam para uma ligeira diminuição da área instalada de cereais de Inverno, essencialmente devido à redução das áreas de trigo (-5% no trigo mole e -10% no trigo duro) e de triticale (-5%).

“As sementeiras têm decorrido sem problemas e a germinação foi uniforme”, realça o Boletim.

Esta edição do Boletim Mensal da Agricultura e Pescas foi elaborada com informação disponibilizada até 15 de Dezembro de 2018.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Cotações – Cortiça – Informação Semanal – 27 Julho a 2 Agosto 2020

Partilhar            Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas Na semana em análise foi dada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.