Início / Agricultura / Consumidores distinguem 17 frutas e legumes como Sabor do Ano 2024

Consumidores distinguem 17 frutas e legumes como Sabor do Ano 2024

O prémio Sabor do Ano continua a confirmar a sua liderança no sector alimentar ao premiar na edição de 2024, 124 produtos em diversas categorias, de um total de 32 marcas. O sector das Frutas & Legumes continua a ser o mais participado com 17 produtos premiados.

Morangos da marca Amorango da Frutas Classe; Abacate, Abacaxi, Manga de Avião, Manga Maturada e Mamão da Sweet Fruits; Papaia Frutana da Henrique Fiel Lourenço; Melão Waikiki da Semillas Fitó; Maçã Envy da Nufri; Ananás e Manga Soft Frubis, Frubis Maçã Pink Lady; Batata Princesa Amandine e Batata Cozida a Vapor Princesa Amandine; Cebola de Alcochete, Cenouras Ana e Batata Quinta da Carminho para Fritar das Hortícolas Saturnino são os produtos premiados em 2024.

O prémio Sabor do Ano é o único que se baseia exclusivamente nas qualidades gustativas dos produtos, colocando o consumidor no centro da metodologia, refere uma nota de imprensa da organização do Prémio.

Através de mais de 10.000 provas cegas, realizadas pelos consumidores, num laboratório de análise sensorial acreditado – ALS Fullsense —, seguindo um “restrito protocolo e a garantia da imparcialidade da prova”, foram avaliados cinco critérios: sabor, aspecto, odor, textura e satisfação global.

“No Sabor do Ano avaliamos o que realmente importa: o sabor. Nenhum consumidor compra ou volta a comprar um produto não gostando do seu sabor. Num mercado cada vez mais exigente e selectivo, continuar a ver marcas a acreditarem no potencial do nosso selo, como um prémio de excelência, que impacta verdadeiramente as suas vendas é fantástico. Esta elevada adesão ao prémio, reforça também a confiança que as marcas têm na qualidade dos seus produtos, ao submetê-los a testes, mas também revela a sua capacidade em inovar”, afirma Jordi Bové Solana director geral global quality Ibéria, empresa que representa o Prémio em Portugal.

“Ao receber este reconhecimento, o produto destaca-se da concorrência e torna-se uma opção mais atractiva para os consumidores. Parabéns a todas as marcas que conseguiram obter esta distinção”, acrescenta o responsável do prémio.

Premiados 124 produtos

No total foram premiados 124 produtos de marcas como Abegoaria, Avicasal, Biologic, Cooperativa Agrícola Moura e Barrancos, DHC-Pasta do Dia, Elpozo, Lacto Serra, Mar Ibérica, Paladares Alentejanos, Queijaria Guilherme e Titi são algumas das marcas que voltam a ver alguns dos seus produtos premiados. A estas juntam-se outras empresas, tais como: Afonso dos Leitões, Aurora, Beirafood, Casa Maria Vitória, Ehrmann, Filmar, Limiano, Marques Filipe e Sel.

Os vencedores do Prémio Sabor do Ano vão beneficiar automaticamente do uso do selo durante 13 meses, distinguindo os seus produtos da concorrência.

Sabor do Ano

O Sabor do Ano é o prémio de qualidade líder no sector alimentar em Portugal. Criado em 1995, em França, pela Monadia, é um símbolo que guia os consumidores no processo de escolha, simplificando o momento de compra. Em Portugal, Espanha, Itália, México e Colombia é representado pela Global Quality Ibéria.

Todos os produtos inscritos são provados por um painel de consumidores seleccionados de acordo com os seus hábitos de consumo, em testes monádicos (os consumidores não têm conhecimento da marca), num laboratório de análise sensorial acreditado que segue um restrito protocolo e garante a imparcialidade da prova, sendo avaliados cinco critérios: sabor, aspecto, odor, textura e satisfação global.

Para ser premiado Sabor do Ano o produto deve obter uma nota superior a 6 (de 1 a 10) e a nota mais alta entre os produtos concorrentes.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Secretário de Estado das Florestas inaugura ExpoFlorestal

Partilhar              A ExpoFlorestal — Feira Nacional da Floresta arranca amanhã em Albergaria-a-Velha com a sua 13ª …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.