Início / Agricultura / Modernização nos amendoais promove aumento do rendimento unitário

Modernização nos amendoais promove aumento do rendimento unitário

A instalação de novos pomares de amêndoa registou, a partir de 2011, um aumento significativo (cerca de 8,6 mil hectares entre 2011 e 2018), com variedades, compassos e intervenções agronómicas (regas, fertilização e acompanhamento fitossanitário).

Dizem os técnicos do Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Setembro de 2019, que esta modernização permite rendimentos unitários muito superiores aos observados nos amendoais tradicionais.

Com a entrada em produção dos amendoais instalados nos últimos três/quatro anos e a aproximação da produção cruzeiro dos plantados há seis/sete anos, o INE prevê um forte aumento da produtividade global, face à campanha anterior (+65%).

Fraca floração e polinização condicionam produtividade do kiwi

Já na produção de kiwi, refere o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Setembro de 2019 que após uma floração mais tardia de um menor número de gomos florais por árvore do que o habitual, assistiu-se a uma fraca polinização e vingamento dos frutos, originando algum pessimismo face à produção potencial desta campanha.

No entanto, as condições meteorológicas foram bastante favoráveis na fase de frutos em crescimento, tendo ocorrido uma boa recuperação, prevendo-se uma produtividade de 11,8 toneladas por hectare (-5% face a 2018).

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

11 de Dezembro: lançamento do Pacto Ecológico Europeu em Lisboa

A Comissão von der Leyen, no dia 11 de Dezembro, apresenta em Bruxelas a grande …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.