Início / Agricultura / Cotações – Frutos Frescos – Informação Semanal – 1 a 7 Outubro 2018

Cotações – Frutos Frescos – Informação Semanal – 1 a 7 Outubro 2018

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas

Mercados de produção

Ameixa – Na Região Centro, na área de mercado Cova da Beira, a oferta foi baixa porque se aproxima o fim da campanha. Procura baixa. Cotações estáveis.

No Algarve, a oferta de ameixa “Tipo Black” equilibrou a procura baixa. Escoamento fraco. As cotações não se alteraram.

Amora – No Alentejo, na área de mercado Odemira, a oferta ainda se manteve normal em consequência da conjuntura climatérica registada ser favorável à produção de amora. A falta do produto nos mercados externos tem estimulado os preço. Ligeira descida das cotações.

Dióspiro – No Algarve iniciou-se a campanha de produção e comercialização do dióspiro, com a oferta e a procura ainda baixas. Escoamento “aos poucos”. Boa qualidade do produto.

Figo – Na Região Norte, na área de mercado Mirandela, o volume de transacções foi inferior em 50%, porque a campanha de produção/comercialização encontra-se na fase final, com a situação da oferta/procura baixa. Escoamento sem dificuldades. Cotações estáveis.

Framboesa

Framboesa – Na Região Centro, na área de mercado Beira Litoral, a oferta equilibrou a procura média. Cotações estáveis.

No Alentejo , na área de mercado Odemira, a oferta ainda se manteve normal em consequência da conjuntura climatérica registada ser favorável à produção de framboesa. A falta do produto nos mercados externos tem estimulado os preços. Ligeira subida das cotações.

No Algarve, a procura de framboesa continuou a aumentar. A oferta acompanhou a procura. Escoamento regular. Cotações estáveis.

Citrinos

Laranja – No Algarve, a oferta e a procura de laranja “Valencia Late” diminuíram (média/baixa). Escoamento “aos poucos”. Cotações estáveis.

Limão – Na Região Centro, na área de mercado Montes da Senhora, a oferta continuou baixa e a procura forte. As cotações não se alteraram.

No Algarve, a oferta continuou baixa e a procura média. Escoamento normal para a época. Cotações estáveis.

Maçã – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Oeste, registou-se a comercialização da maçã “Golden Delicious” e “Royal Gala”.

No Alentejo, na área de mercado Juromenha, a procura diminuiu e registou-se um ajustamento nas cotações.

Maracujá – Na Região centro, na área de mercado Beira Litoral, a campanha de produção e comercialização iniciou-se na semana 38. A oferta foi abundante e a procura normal.

Marmelo – No Algarve iniciou-se a campanha de produção e comercialização do marmelo, com oferta e procura baixas. Escoamento fraco.

Melancia e melão

Melancia – No Algarve, a oferta continuou baixa e a procura também. Produto de fraca qualidade. Escoamento “aos poucos”. Cotações estáveis.

Melão – No Alentejo, na área de mercado Moura, terminou a campanha de comercialização do melão.

Na área de mercado Beja, a oferta manteve-se alta e a procura média. Cotações estáveis.

Meloa – No Alentejo, na área de mercado Beja, terminou a campanha de comercialização da meloa.

Mirtilo – No Alentejo , na área de mercado Odemira, a oferta ainda se manteve normal em consequência da conjuntura climatérica registada ser favorável à produção de mirtilo. Cotações estáveis.

Morango

Morango – Na Região Norte, na área de mercado Macedo de Cavaleiro, o volume de transacções foi idêntico ao da semana anterior. Oferta e procura equilibradas e relativamente baixas. Escoamento sem dificuldades. Cotações estáveis.

Na Região Centro, na área de mercado Litoral Centro, a oferta continuou ligeiramente baixa, com tendência a diminuir. Produto de calibres pequenos. Procura média. As cotações não se alteraram.

No Alentejo, na área de mercado de Odemira, as cotações subiram devido ao aumento da procura. Oferta ligeiramente alta e procura alta.

Morango Biológico – Na Região Centro, na área de mercado Litoral Centro, a oferta tem diminuído e a procura manteve-se normal. Cotações estáveis. Morango produzido ao “ar livre”.

Nectarina – Na Região Centro, na área de mercado Cova da Beira, terminou a campanha de comercialização da nectarina.

Pêra – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Oeste, continuou a campanha de comercialização da pêra “Rocha”.

Pêssego

Pêssego – Na Região Norte, na área de mercado Vilariça, o volume de transacções foi inferior em 50%, porque a campanha de produção e comercialização aproxima-se do fim. Escoamento sem dificuldades. Cotações estáveis. Presença de produto importado.

Na Região Centro, na área de mercado Cova da Beira, a oferta de pêssego de polpa amarela e de “pavias” foi quase nula. Toda a produção foi comercializada sem dificuldade, mas sem alteração da cotação. Concorrência de produto espanhol.

No Algarve, a oferta de pêssego de polpa amarelo, branca e vermelha continuou equilibrada com a procura média/baixa. Escoamento regular. As cotações não se alteraram. Produto da região de Tavira e de Vila Nova de Cacela.

Uva

Uva – Na Região Lisboa e Vale do Tejo, na área de mercado Ribatejo, a oferta de uva “Cardinal e Red Globe” foi inferior à procura média/alta . Subida da cotação mínima e da mais frequente da uva “Red Globe” e descida da cotação máxima da “Red Globe”. Início de comercialização da uva “D. Maria”.

No Alentejo, na área de mercado, Ferreira do Alentejo, a oferta de uva com grainha e sem grainha foi alta e a procura ligeiramente inferior. Cotações estáveis. Bom escoamento. Qualidade excelente.

No Algarve, a oferta de uva “Cardinal” foi média e equilibrou a procura. Escoamento regular. Cotações estáveis. A oferta e a procura de uva “Vitoria” foram baixas. Cotações estáveis.

Mercados abastecedores

Os Mercados Abastecedores mantiveram-se bem abastecidos para a maioria dos frutos em comercialização. A procura incidiu na banana, dióspiro, figo, laranja, limão, melão, melancia, pêra “Rocha” e uva.

Quanto ao mercado dos produtos importados, verificou-se a presença significativa de ananás, banana, dióspiro, kiwi, lima, limão, manga, meloa, melão, melancia, nectarina/pêssego, papaia, tangerina e uva.

Como novidade apareceu o dióspiro de origem nacional, kiwi da Grécia, laranja e limão da África do Sul, morango da Holanda e meloa do Brasil.

Ameixa – Diminuição acentuada da oferta de ameixa das variedades: “Rainha Cláudia”, “Songold” e “tipo Black” de origem nacional. Frutos com boa apresentação, de calibre grado, acondicionados em caixas de 10/12 kg.

Manutenção das cotações. Presença de algumas quantidades de ameixa da variedade amarela e negra de Espanha.

Ananás – Oferta suficiente de ananás oriundo da Costa Rica, de diversas imagens de marca e categorias. Procura média. Manutenção das cotações.

Banana – Oferta significativa de banana “dólar”, de diversas origens e imagens de marca, acondicionada em caixas com 18 kg. Oferta suficiente de banana da Madeira. Boa procura. Descida das cotações da banana da Madeira, no mercado do Porto; No MARL registou-se uma subida das cotações da banana proveniente da Costa Rica.

Dióspiro – Início da comercialização de dióspiro da variedade “tipo rijo” de origem nacional (Algarve). Oferta suficiente de dióspiro da mesma variedade, proveniente de Espanha. Boa procura. Descida das cotações ao longo do período.

Figo – Oferta suficiente de figo da variedade “tipo Moscatel” de origem nacional. Frutos com boa apresentação, acondicionados em caixas com 4/5 kg. Boa procura. Subida das cotações.

Kiwi – Oferta suficiente de kiwi, proveniente da Grécia e do Chile. Procura normal. Manutenção das cotações.

Laranja – Oferta suficiente de laranja de origem nacional, da variedade “Valencia Late”. Boa procura, essencialmente para os calibres médios/pequenos. Manutenção das cotações. Presença de laranja proveniente da África do Sul.

Lima – Oferta suficiente de lima proveniente do Brasil (barco/avião). Frutos embalados em caixa de cartão de 4 kg, com diferentes imagens de marca. Procura normal. Manutenção das cotações.

Limão – Oferta suficiente de limão de origem nacional. Frutos com boa apresentação, de diversas regiões, acondicionados em caixas e sacos. Boa procura. Descida das cotações. Presença de algumas quantidades de limão proveniente da África do Sul e de Espanha.

Maçã – Oferta suficiente de maçã de origem nacional das variedades, “Bravo Esmolfe n/certificada”, Golden Delicious”, “Granny Smith”, “Red Delicious”, “Royal Gala” e “Reineta Parda”. Procura normal. Manutenção das cotações.

Manga – Oferta suficiente de manga do Brasil (avião/barco) e de Espanha. Frutos com boa apresentação, acondicionados em tabuleiro. Boa procura, essencialmente pela manga proveniente de Espanha .Manutenção das cotações.

Marmelo – Oferta suficiente de marmelo de origem nacional. Procura média. Manutenção das cotações.

Melancia – Diminuição da oferta de melancia de origem nacional das variedades “Crimsonsweet” e “Sugar baby”. Presença considerável de melancia das mesmas variedades, proveniente de Espanha. Boa procura. Subida das cotações.

Melão – Diminuição acentuada da oferta de melão da variedade “Branco Espanhol” de origem nacional. Presença de grandes quantidades de melão das variedades “Branco Espanhol” e “tipo Pele de Sapo”, proveniente de Espanha. Boa procura. Subida das cotações para todo o produto em comercialização.

Morango – Oferta reduzida de morango de origem nacional. Boa procura. Manutenção das cotações.

Nectarina/Pêssego – Oferta reduzida de nectarina/pêssego de origem nacional. Oferta suficiente de produto espanhol das mesmas variedades e calibres. Procura média. Manutenção das cotações.

Papaia – Oferta suficiente de papaia do Brasil. Frutos com boa apresentação, acondicionados em tabuleiro. Boa procura. Manutenção das cotações.

Pêra – Oferta suficiente de pêra “Rocha”. Boa procura. Manutenção das cotações.

Romã – Oferta reduzida de romã de origem nacional. Oferta considerável de romã, proveniente de Espanha. Procura média. Manutenção das cotações.

Uva – Oferta suficiente de uva das variedades “Alphonse Lavallée, D.Maria, Moscatel e Pallieri” de origem nacional. Presença significativa de uva branca, preta e rosada, proveniente de Espanha. Boa procura. Manutenção das cotações.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

PME francesa procura fornecedores de leite em pó para bezerros

Uma pequena e média empresa (PME) francesa, especializada na produção de substitutos do leite e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.