Início / Featured / Chef Duarte Eira vence Troféu Portugal 2019

Chef Duarte Eira vence Troféu Portugal 2019

Duarte Eira, do restaurante Salpoente, em Aveiro, venceu o concurso Troféu Portugal 2019. O chefe foi o mais bem pontuado dos cinco concorrentes a concurso e apresentou uma proposta de menu constituída por Sopa “Tributo à Ria de Aveiro”, Petisco “Açorda fria de berbigão e Ostra”, Prato Regional “Milho de Chaves” e Prato Contemporâneo “Bacalhau, sames de bacalhau e mão de vaca”.

Inserido na programação das comemorações do Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa, o concurso teve lugar no Solar do Vinho do Dão, em Viseu, nos dias 8 e 9 de Junho.

A 2ª e 3ª menção honrosa coube a Guilherme Spalk e a Mauro Loureiro, respectivamente. Estiveram igualmente a concurso os chefes Alexis Gregório e Helder Diogo, e o júri responsável pela avaliação foi composto por Miguel Castro e Silva, Nuno Diniz e Orlando Esteves.

Troféu Portugal

O Troféu Portugal é um concurso de cozinha único que tem como objectivo valorizar o que de melhor se faz no nosso País e que teve como anteriores vencedores Rodrigo Castelo e Rui Martins. Os concorrentes, todos cozinheiros profissionais nacionais a trabalhar em Portugal, aceitaram o convite da organização para mostrar a sua homenagem à cozinha portuguesa, aos seus produtos e técnicas culinárias.

O vencedor recebeu um prémio monetário no valor de 3.500€, um Troféu ICEL, um voucher no valor de 100€ oferta do Clube de Produtores do Continente, uma faca ICEL e um kit de Arroz Bom Sucesso.

O Troféu Portugal é um evento das Edições do Gosto. A Cidade anfitriã foi Viseu e foram parceiros o Clube de Produtores Continente, o Turismo do Centro e o Turismo de Portugal.

O evento contou com o Patrocínio do Arroz Bom Sucesso, Brasmar, Gresilva, ICEL e com os apoios da AHRESP, ProChef, Sevenair, Sogenave e TEKA.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Navigator recupera vegetação autóctone com espécie rara de carvalho em Monchique

A The Navigator Company levou a cabo uma acção de recuperação da vegetação autóctone na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.