Início / Agenda / 2ª Edição da Semana Pergunte pelo Bio dedica-se à certificação

2ª Edição da Semana Pergunte pelo Bio dedica-se à certificação

A Agrobio – Associação Portuguesa de Agricultura Biológica, em conjunto com a Quercus, vai implementar a Semana “Pergunte pelo Bio”, entre os dias 17 e 22 de Abril. Esta 2ª Edição é subordinada ao tema da importância
da certificação.

A campanha vai ser apresentada à população no próximo dia 30 de Março nas instalações da Agrobio, no Lumiar, contando com a presença do presidente da direcção da Agrobio, Jaime Ferreira, o presidente da Quercus, João Branco, assim como os diferentes parceiros da iniciativa.

Este ano o tema da “A Importância da Certificação” lembra a necessidade de “garantir ao consumidor que o que ele está a adquirir no acto da compra garante as premissas do produto biológico. O consumidor, não podendo estar presente no processo de produção, necessita de um mecanismo que salvaguarde que o produto é de facto biológico”, diz fonte da Agrobio.

A associação adianta que “quem compra bio é muitas vezes movido por uma vontade altruísta e precisa de comprovativos de que esses ensejos são correspondidos”.

Consumo sustentável

A “Semana Pergunte pelo Bio” pretende divulgar o consumo sustentável não só na área das hortofrutícolas e produtos de origem animal como também nos outros consumíveis de matérias-primas biológicas como a roupa e a cosmética. “A ideia é que tanto consumidores como comerciantes pensem mais nos produtos biológicos, sendo a agricultura biológica, a única inteiramente sustentável”, realça a Agrobio.

A mecânica da iniciativa tem como base a parceria com diferentes municípios, pontos de venda, certificadoras e associações, que se envolvem de forma activa na divulgação do Bio. Nos diferentes pontos do País serão projectados filmes do festival Cine Eco de Seia, um dos parceiros da iniciativa.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Ricovileite 522 Top, conhece? Ração para ovelhas da Rico Gado

A Rico Gado está a promover a sua ração para ovelhas em alta produção, Ricovileite …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.