Início / Mar / Ambiente / Sciaena lamenta omissão do Mar no novo executivo governamental

Sciaena lamenta omissão do Mar no novo executivo governamental

A Sciaena – Associação de Ciências Marinhas e Cooperação lamenta a omissão do Mar no novo executivo governamental, liderado pela Aliança Democrática (AD) — PSD-CDS-PPM.

“A Sciaena acredita que Portugal pode ser um líder na conservação marinha, se o Governo hoje anunciado abraçar uma visão corajosa e comprometida com a implementação de políticas públicas que promovam a protecção do oceano”, refere o coordenador executivo da Associação, Gonçalo Carvalho, em nota de imprensa.

Assim, lamenta que “não tenha sido criado um Ministério responsável por coordenar todas as áreas e dimensões relacionadas com o mar, pois isto seria crucial não só para uma melhor e mais eficaz gestão dos recursos marinhos e das actividades que lá decorrem, mas também para uma maior responsabilização e agência sobre a conservação e protecção do meio. Resta-nos esperar que as secretarias de Estado com responsabilidades específicas e bem definidas e as dinâmicas inter-ministeriais possam assegurar esta coordenação”.

“Iremos em todo o caso solicitar uma reunião ao novo executivo para apresentar e discutir as 14 medidas que consideramos prioritárias para efectivamente mudar o paradigma de gestão pública do mar em Portugal, que constituem passos concretos para salvaguardar a saúde dos ecossistemas marinhos e assegurar o futuro das populações que deles dependem”, realça Gonçalo Carvalho.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Presidente da Confagri: “é urgente que Governo diga se vai revogar passagem das DRAP para as CCDR”

Partilhar              O presidente da Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas, Idalino Leão, já esteve reunido …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.