Início / Featured / Quota portuguesa de biqueirão aumenta 30,3%

Quota portuguesa de biqueirão aumenta 30,3%

A União Europeia (UE) aprovou uma quota de biqueirão para Portugal de 10.724 toneladas, até Junho de 2024, o que representa um aumento de 30,3%, face a igual período do ano passado (Julho de 2022 a Junho de 2023), informa o Ministério da Agricultura e da Alimentação em comunicado.

Este aumento relevante da quota de biqueirão “deve-se ao elevado empenho dos cientistas do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) em melhorar o modelo de avaliação do estado do stock nas nossas águas e no golfo de Cádis e reflectidos no parecer do Conselho Internacional para a Exploração do Mar (ICES), publicado no passado dia 21 de Junho”, adianta o mesmo comunicado.

O biqueirão é uma das principais espécies em lota, e no corrente ano, entre 1 de Julho e 27 de Setembro, foram descarregadas 2.660 toneladas, que atingiram um preço médio de 3,20 euros por quilo, o melhor preço médio dos últimos 3 anos, “favorecendo o aumento do rendimento dos pescadores portugueses”.

O principal destino das capturas nacionais é o mercado espanhol, país com grande tradição de consumo de biqueirão, contribuindo positivamente para o impacto na balança comercial, acrescenta o mesmo comunicado.

O biqueirão está sujeito ao regime de Total Admissível de Captura (TAC) e Quotas da União Europeia, e, desde 2016, tem sido frequente a plena utilização da quota atribuída a Portugal, graças a uma grande e regular abundância na costa ocidental norte de Portugal, principalmente entre a foz do Rio Douro e a foz do Rio Mondego.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Montenegro promete resolver problema do assoreamento do Porto de Pesca da Póvoa de Varzim

Partilhar              O primeiro-ministro, Luís Montenegro, esteve presente cerimónia de encerramento das comemorações do 50º aniversário de …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.