Início / Agricultura / Governo entrega 7 tractores ao sector da resinagem. 630 mil euros pagos pelo PRR

Governo entrega 7 tractores ao sector da resinagem. 630 mil euros pagos pelo PRR

O Gabinete do Ministro do Ambiente e da Acção Climática informa que vai ceder sete tractores e respectivas alfaias, para apoio à actividade da resinagem, num investimento de 630 mil euros. A maquinaria será entregue aos associados da Resipinus — Associação de Destiladores e Exploradores de Resina.

O apoio será assinalado amanhã, dia 22 de Outubro, Dia do Resineiro, em Arganil, onde serão celebrados protocolos entre os associados da Resipinus e o ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, contando com a presença de João Paulo Catarino, secretário de Estado da Conservação da Natureza e Florestas.

Explica o Ministério do Ambiente e da Acção Climática que esta maquinaria foi adquirida com o apoio do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), no âmbito da Componente 12 – Bioeconomia Sustentável, à qual se soma a aquisição de mais 13 tractores que serão cedidos a organizações de produtores florestais, representando um investimento adicional de 1,17 milhões de euros. No total, serão 1,8 milhões de euros de investimento.

A componente 12 tem uma dotação global de 145 milhões de euros, sendo a resina um dos três sectores apoiados (têxtil e vestuário, calçado e resina natural). Os objectivos são incentivar a transição para produtos de base biológica de alto valor acrescentado, em alternativa às matérias de base fóssil, e que se tornem mais eficientes na utilização de recursos, adianta a mesma nota.

Esta componente do PRR tem inscritos 33 milhões de euros para apoio específico ao sector da resina, considerando três pilares principais: fomento da produção da resina natural nacional, reforço da sustentabilidade da indústria transformadora, e diferenciação positiva da resina natural e produtos derivados.

No pilar dirigido ao fomento da produção da resina natural nacional, no qual se insere a cedência de tractores, “estão a ser desenvolvidas iniciativas para aumentar a produção da resina em Portugal, garantir níveis de auto-abastecimento à indústria e também para catalisar a gestão florestal sustentável, reduzir o risco de incêndio e contribuir para o desenvolvimento do mundo rural”, frisa o Ministério.

Como exemplos adicionais refere o programa “Resineiros Vigilantes”, ou a beneficiação de povoamentos de pinheiro bravo em áreas prioritárias para a resinagem através do aproveitamento da regeneração natural, no âmbito da qual já foi aprovada uma intervenção em cerca de 4.000 hectares.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Governo reúne Comissão da Seca sobre gestão da água no Algarve

Partilhar              A Comissão Permanente de Prevenção, Monitorização e Acompanhamento dos Efeitos da Seca (CPPMAES), presidida pela …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.