Início / Agricultura / Energest desenvolve caldeira a gás natural/hidrogénio para a Navigator

Energest desenvolve caldeira a gás natural/hidrogénio para a Navigator

A nova caldeira de vapor a gás natural/hidrogénio da The Navigator Company, em Setúbal, já está em fase de testes. A Energest – Engenharia e Sistemas de Energia, empresa responsável pelo projecto, construção e colocação em serviço da mesma, está, neste momento, a fazer o comissionamento à caldeira para garantir os requisitos e necessidades operacionais da mesma.

A Energest encontra-se a realizar o comissionamento a quente para, posteriormente, a caldeira começar a funcionar a 100% da carga, durante 7 dias, e se desenvolver os testes de performance/aceitação, refere a empresa em nota de imprensa.

Para Miguel Marques, director de produção na Energest “a caldeira que, neste momento, estamos a comissionar na Navigator tem diversas vantagens tanto mecânicas como funcionais.” Salientando que “como vantagens mecânicas destaco a construção integralmente soldada, barrilete com reduzida furação, o que diminui muito as tensões, assim como a espessura do mesmo. No aspecto funcional, devido à sua configuração, apenas 50% da água de circulação passa pelo ebulidor/barrilete o que se traduz numa maior estabilidade no nível, elevadas taxas de transferência de calor e uma elevada taxa de circulação a todas as cargas”.

Caldeira de maior potência construída em Portugal

Esta caldeira do tipo Aquatubular Energest, integralmente refrigerada, debitando 57 T/h de vapor sobreaquecido a 64 barg – 460 ºC – vai-se tornar na caldeira de maior potência construída em Portugal e é uma solução “Tailor Made” à semelhança de todos os projectos da Energest que respeitam as especificidades da instalação, as condições do serviço e a sua respectiva aplicação.

O projecto vai permitir à The Navigator reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) pela troca de combustíveis, aumentar a eficiência através da utilização de Best Available Technologies e elevar a eficiência na preparação e no transporte de combustível (GN por Pipe Line), diminuindo, assim, os riscos ambientais.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

CAP promove debate sobre Planos de Gestão de Região Hidrográfica 2022-2027

Partilhar              A CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal promove no auditório da sua sede, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.