Início / Agricultura / Empresas Sonae criam compromisso para evitar desflorestação até 2030

Empresas Sonae criam compromisso para evitar desflorestação até 2030

As empresas Sonae assumem o compromisso de promover a conservação das florestas naturais a nível mundial através do compromisso “Zero Desflorestação”, que visa assegurar, até 2030, a ausência de desflorestação associada às actividades e operações directas das empresas subscritoras, bem como nas suas cadeias de abastecimento.

Isabel Barros, presidente do Grupo Consultivo de Sustentabilidade das empresas Sonae, afirma que “o combate à desflorestação requer uma acção urgente e integrada de todos. É necessária uma mobilização global para assegurar a conservação das florestas, que têm um papel crucial ao nível da promoção da biodiversidade e do combate às alterações climáticas, através da retenção de carbono”.

E realça que “nas empresas Sonae, estamos comprometidos em crescer com responsabilidade, por isso, promovemos a defesa do planeta e das florestas. Esperamos poder inspirar outros a seguir este caminho e, em conjunto, conseguirmos fazer a diferença”.

Zero Desflorestação

O compromisso “Zero Desflorestação” reflecte o empenho das empresas Sonae no combate à desflorestação através da adopção de metas que garantem a preservação das florestas no decorrer da actividade das suas cadeias de abastecimento associada à produção de matérias-primas críticas – gado bovino, madeira, óleo de palma e soja. Adicionalmente, tem como objectivo assegurar “zero desflorestação” no desenvolvimento de novas infra-estruturas e de contribuir positivamente para a conservação e restauro das florestas.

Para alcançar os objectivos propostos, as empresas Sonae vão colaborar com as suas cadeias de abastecimento, com enfoque na produção local onde a ausência de desflorestação deve ser assegurada. Neste sentido, está previsto um esforço concertado com os vários intervenientes para assegurar a rastreabilidade e monitorização dos materiais que são adquiridos, nomeadamente através da adopção de mecanismos de controle e de outros procedimentos, incluindo, por exemplo, a certificação de matérias-primas.

As empresas Sonae que subscrevem desde já este compromisso são a MC, a Zeitreel, a Worten e a Sierra, a que se juntam a Sonae Capital e a Sonae Arauco, refere o Grupo em nota de imprensa.

Combate às alterações climáticas

E acrescenta que as florestas desempenham um papel vital no combate às alterações climáticas e na preservação da biodiversidade. A nível global, aproximadamente metade das florestas estão localizadas nas regiões tropicais e subtropicais, onde são altamente produtivas e albergam pelo menos dois terços da biodiversidade mundial.

Nestas regiões, a desflorestação ocorre a um ritmo acentuado de 10 milhões de hectares por ano, dos quais a maioria se deve à expansão do comércio internacional e à conversão do uso do solo associado à produção de matérias-primas como gado, óleo de palma, soja e madeira.

A elevada desflorestação e as suas repercussões ao nível da perda de biodiversidade, e por sua vez de impacto nas alterações climáticas, “reforçam a necessidade e o carácter de urgência de desenvolver e implementar um compromisso que seja ambicioso e cuja implementação garanta resultados efectivos”.

As empresas Sonae, assumem o compromisso de Zero Desflorestação até 2030 e visam, deste modo, prevenir a conversão de florestas naturais e contribuir para um impacto positivo na conservação da biodiversidade, nas alterações climáticas e nas vidas de todos aqueles que dependem directa ou indirectamente das florestas para a sua subsistência.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Cotações – Cereais – Informação Semanal – 13 a 19 Junho 2022

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas Cereais Outono-Inverno Esta semana foi dada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.