Início / Agenda / Feira Nacional do Porco. FPAS quer transformar certame “num verdadeiro evento de fileira” internacional

Feira Nacional do Porco. FPAS quer transformar certame “num verdadeiro evento de fileira” internacional

A FPAS — Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores organiza nos próximos dias 16, 17 e 18 de Maio de 2024 a XXVI Feira Nacional do Porco, no Parque de Exposições do Montijo. Sob o lema “Desafiar o Futuro com o Sabor da Tradição”, a organização pretende transformar a Feira Nacional do Porco num “verdadeiro evento de fileira, atraindo as indústrias da carne de porco ao mesmo que internacionaliza cada vez mais o certame”.

“Afirmar a fileira da carne de porco como um sector dinâmico, moderno e com ligação estreita às tradições gastronómicas do nosso País é o desafio proposto aos visitantes da XXVI Feira Nacional do Porco”, salienta um comunicado de imprensa da Federação.

A cerimónia de inauguração decorre no dia 16 de Maio, às 15h00, com a presença do ministro da Agricultura e Pescas, José Manuel Fernandes, na qual será assinada a escritura do Centro Tecnológico da Suinicultura.

Com quatro áreas de exposição distintas, os visitantes poderão encontrar um pavilhão dedicado à gastronomia, outro dedicado aos equipamentos e maquinarias relacionados com a actividade da suinicultura, outro pavilhão mais sectorial com a representação das empresas de genética, laboratórios farmacêuticos, fabricantes de rações, indústrias cárneas, movimento associativo e sector institucional e ainda a área de exposição ao ar livre com a maquinaria pesada e a exposição de animais vivos que contará com a exibição das três raças autóctones portuguesas.

Depois dos 20 mil visitantes recebidos na 25ª edição, este ano o recinto aumenta a sua capacidade para acolher aquela que a organização espera que seja a maior Feira Nacional do Porco de sempre.

Para David Neves, presidente da Comissão Organizadora da XXVI Feira Nacional do Porco, o evento assume uma grande importância institucional para o sector, “desde a sua primeira edição que é um importante certame institucional que tem marcado a agenda política dos diferentes agentes que nos últimos se têm deslocado ao Montijo e comprovado que este é um sector dinâmico, pujante e evoluído”.

Já Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, destaca o carácter inovador do certame e da actividade. “A Federação Portuguesa das Associações de Suinicultores tem mantido um compromisso com a modernização da suinicultura nacional, com a transição energética da pecuária e com a procura de novas soluções para a melhoria do desempenho competitivo do sector”, diz o autarca.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Já são conhecidos os vencedores do Prémio Nacional de Enoturismo 2024

Partilhar              A gala da terceira edição do Prémio Nacional de Enoturismo Apeno/Ageas Seguros 2024, considerado o …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.