Início / Agenda / Vill’Aromática. Festa das plantas aromáticas e medicinais de Celorico de Basto já arrancou

Vill’Aromática. Festa das plantas aromáticas e medicinais de Celorico de Basto já arrancou

A Vill’Aromática, festa das plantas aromáticas e medicinais de Celorico de Basto, arrancou hoje e decorre até domingo, 19 de Maio, na Praça Albino Alves Pereira (Casa da Terra). A presença da reconhecida herbalista Fernanda Botelho e a realização das primeiras Jornadas para a valorização do território de Celorico de Basto são alguns dos motivos para atrair ao concelho muitos curiosos por estas temáticas.

Celorico de Basto é um concelho rico em ervas aromáticas e medicinais muitas das quais desconhecidas do público em geral, realça uma nota de imprensa da autarquia.

“Esta iniciativa pretende esclarecer e informar a nossa comunidade e quem nos visita para as propriedades culinárias e terapêuticas de muitas ervas, muitas das quais que consideramos daninhas. Conhecê-las e dar – lhes o devido uso, seja na alimentação ou como remédios naturais, pode trazer muitos benefícios para a saúde” disse o presidente da Câmara Municipal , José Peixoto Lima, na abertura desta iniciativa.

O autarca, apreciador destas matérias reforça que “tudo o que possa ser benéfico para o bem-estar das nossas populações deve ser engrandecido e tudo o que priorize a sustentabilidade, como o uso eficiente dos recursos existentes e as práticas sustentáveis, devem e têm que ser priorizados não apenas para proteger o ambiente mas para a promoção de uma sociedade mais justa e uma economia mais robusta e sustentável”.

As plantas aromáticas podem ser cultivadas em casa, em jardins ou vasos, mas também em grandes extensões de terrenos, numa perspectiva empreendedora de rentabilidade económica. Esta Vill’Aromática visa também promover este interesse e despoletar o crescimento económico nesta área de desenvolvimento sustentável, acrescenta a mesma nota.

Celorico de Basto tem vindo a trabalhar para uma intervenção local multidimensional, de forma a aumentar a qualidade de vida da sua população, a sustentabilidade e a resiliência dos sistemas naturais e construídos, à luz dos 17 ODS (Objetivos de desenvolvimento sustentável) da ONU, adianta.

Várias são as actividades alinhadas com diferentes ODS, ao nível da educação e integração, coesão social, protecção dos valores ambientais e socioculturais, qualificação ambiental, promoção da eco-eficiência, resiliência às alterações climáticas, requalificação e valorização do espaço público e inovação para a sustentabilidade.

Em dia de abertura, os presentes poderão desfrutar do mercado Sabores & Aromas, um mercado com gastronomia, cocktails , doçaria e artesanato, e patente ao público durante os três dias da edição do certame. Podem visitar o espaço aromoterapia e outras terapias naturais, assistir à peça de teatro “Remédio milagroso” do GTC & Convidados e à actuação do grupo de cavaquinhos da Escola Profissional Agrícola Eng. Silva Nunes.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Carmona Rodrigues lidera Grupo de Trabalho para estratégia de gestão, armazenamento e distribuição eficiente da água

Partilhar              O Governo decidiu criar um Grupo de Trabalho para delinear a estratégia multissectorial, “Água que Une”, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.