Início / Agenda / Nuno Melo garante que “Governo dará resposta já neste mandato ao problema da água”
© ACOS

Nuno Melo garante que “Governo dará resposta já neste mandato ao problema da água”

O presidente do Centro Democrático Social (CDS-PP), também ministro da Defesa Nacional, Nuno Melo, garante que os agricultores terão “resposta para aquilo que dever ser tido como prioridades nacionais — isso foi também anunciado pelo ministro da Agricultura — como é o caso da água (…) uma área evidentemente muito necessária, prioritária, a que o Governo dará resposta já neste mandato”.

Nuno Melo falava aos jornalistas durante uma visita à Ovibeja — uma organização da  ACOS – Associação de Agricultores do Sul, que decorre até 5 de Maio no Parque de Feiras e Exposições Manuel de Castro e Brito, em Beja —, tendo realçado que “felizmente, o Governo tem hoje um ministro na Agricultura que — não tenho nenhuma dúvida — será um ministro a crédito dos agricultores. Alguém que no Parlamento Europeu tratou de perto com tudo o que tem a ver com fundos comunitários. Muita da agricultura em Portugal tem que ver com a boa execução dos fundos comunitários; precisamente o que não tivemos nos últimos oito anos”.

Para o presidente do CDS, este “será um Governo que fará pelo aproveitamento ao máximo dos fundos comunitários, pela simplificação dos processos, desburocratizando aquilo que só prejudica os agricultores, atacando dossiers estratégicos como, por exemplo, aquilo que tem a ver com a água”.

“Considero que este ministro e este o Governo terão, através da Agricultura, a mostrar de que forma a Aliança Democrática é uma boa notícia para todos os que se dedicam a o sector agroalimentar em Portugal”, adiantou Nuno Melo, realçando que “neste momento os agricultores têm boas razoes para acreditar que terão no Governo alguém que é parceiro e não opositor”.

Ou seja, os agricultores terão no Executivo “quem tratará da boa aplicação de fundos, que são escassos, mas que precisam todos os dias de serem aplicados com celeridade, quem terá certamente expedientes muito mais simplificados, acabando com dimensões de burocracia que só fazem com que os agricultores não possam ter decisões tomadas a tempo e horas”.

Por outro lado, Nuno Melo lembrou que “a agricultura foi sempre um sector absolutamente estratégico, a agricultura para o CDS nunca foi nicho, nunca foi moda. E enquanto sector estratégico, não poderia hoje o CDS, através dos seus órgãos locais, através dos seus órgãos nacionais — eu estou aqui como presidente do CDS — também deixar de dar este sinal político em favor da agricultura”.

Conheça o programa completo da 40ª Ovibeja aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Já são conhecidos os vencedores do Prémio Nacional de Enoturismo 2024

Partilhar              A gala da terceira edição do Prémio Nacional de Enoturismo Apeno/Ageas Seguros 2024, considerado o …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.