Início / Agricultura / Conheça todas as 61 raças autóctones portuguesas. Transfira aqui o catálogo oficial

Conheça todas as 61 raças autóctones portuguesas. Transfira aqui o catálogo oficial

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sabia que existem 61 raças autóctones de animais em Portugal? Pois pode conhecê-las a todas no novo Catálogo Oficial de Raças Autóctones Portuguesas, uma iniciativa conjunta da CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal e da Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), apresentada no passado dia 19 de Abril.

Este catálogo inclui toda a informação sistematizada sobre as 61 raças autóctones de animais em Portugal: raças autóctones portuguesas de Bovinos (15), Ovinos (16), Caprinos (6), Suínos (3), Equídeos (6), Galináceos (4) e Canídeos (11).

“Para além das espécies pecuárias, bovinos, ovinos, caprinos, suínos, equídeos e galináceos, incluem-se também os canídeos, por serem intrinsecamente ligados ao mundo rural, à actividade agro-pecuária e cinegética e fazerem parte deste valiosíssimo património genético nacional”, referem os autores do Catálogo.

Através da versão em E-book fica não só disponível toda a publicação, mas também permite ao leitor seleccionar a informação específica sobre determinada raça, bastando ‘fazer clique’ sobre o nome da mesma.

Em Portugal existe um conjunto significativo de raças autóctones que representam um património genético valioso, possuindo um grande potencial de conservação e valorização económica associado a produtos nacionais de elevada qualidade.

Esta publicação tem como objectivo divulgar, promover e valorizar o património genético nacional junto da população em geral, em especial junto dos jovens, através das instituições de ensino e das escolas, e também junto dos consumidores.

Recursos Genéticos Animais

Para a Directora-geral da DGAV – Direcção Geral de Alimentação e Veterinária, Susana Guedes Pombo, “este património único que urge salvaguardar, torna o nosso país um foco de grande importância pela diversidade dos seus Recursos Genéticos Animais (RGAn). O Catálogo Oficial das Raças Autóctones é um elemento fundamental para a sistematização e divulgação das nossas raças. Divulgando as raças estamos a contribuir para a sua conservação. (…) Este catálogo é um elemento fundamental para a sistematização e divulgação das nossas raças, contribuindo desta forma para a conservação das mesmas”.

Já o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal, Eduardo Oliveira e Sousa, considera que “nos dias de hoje, dadas as exigências acrescidas dos consumidores e face à qualidade dos produtos oriundos destas raças e dos seus modos de produção, a sua genuinidade no respeito pelo bem-estar animal e pelo ambiente em que são criados, são a garantia que sustenta o potencial de crescimento deste mercado nicho. Tal implicará o reconhecimento e a aceitação da justa valorização destes produtos, associada à sua exclusividade, oferecendo a este mercado, em crescimento, a garantia da sua superior qualidade e, por isso, do seu valor”.

Pode transferir o Catálogo Oficial de Raças Autóctones Portuguesas aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Mês da Cultura Tauromáquica em Azambuja. Conheça as actividades de 8 e 9 de Maio

Partilhar            O Município de Azambuja tem em curso o “Mês da Cultura Tauromáquica”, em formato online. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.