Início / Agricultura / Capoulas assina contrato para construção da Rede de Rega do Bloco de Sabariz-Cabanelas

Capoulas assina contrato para construção da Rede de Rega do Bloco de Sabariz-Cabanelas

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, visita hoje, 19 de Fevereiro, os Distritos do Porto e de Braga, onde estará em contacto com os produtores, para além de promover o investimento público na região, através da assinatura do contrato para a construção da Rede de Rega do Bloco de Sabariz-Cabanelas.

Pelas 15 horas, Capoulas Santos, visita as instalações da Green Factor, uma empresa constituída com o objectivo de promover a comercialização da produção de mirtilos do concelho de Vila Verde.

Este entreposto comercial reúne 43 produtores numa plataforma que canaliza a produção essencialmente para exportação.

Bloco de Sabariz-Cabanelas

Já a partir das 16 horas, o ministro preside à Assinatura do Auto de Consignação da Empreitada da Rede de Rega do Bloco de Sabariz-Cabanelas.

Este Bloco de Rega situa-se na margem direita do Rio Homem e do Rio Cávado, abrangendo as freguesias de Cabanelas (85%), Soutelo (10%), Prado (4%) e Cervães (1%) do concelho de Vila Verde, distrito de Braga.

A rede de rega, com um comprimento total de cerca de 20,8 km, equipará uma área com cerca de 345 ha e beneficiará 433 explorações.

O projecto global está integrado no Programa Nacional de Regadios e tem um custo estimado de 8,12 milhões de euros, integralmente suportados pelo Estado.

Encontro com produtores

Mas a visita de Capoulas Santos não se fica por aqui. Às 17h30 o ministro da Agricultura reúne-se com dirigentes associativos dos sectores agro-pecuário e florestal e ainda com representantes dos Grupos de Acção Local, na sede da União de Cooperativas AGROS, em Argivai, Póvoa de Varzim.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Já se podem exportar aves ornamentais para a Venezuela

Partilhar            A DGAV – Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que está assim aberta a possibilidade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.