Início / Economia / Preço médio do pescado descarregado cai 1,3% em Junho de 2019

Preço médio do pescado descarregado cai 1,3% em Junho de 2019

O preço médio do pescado descarregado — variável não resultante das capturas nominais mas sim da valorização das quantidades descarregadas vendidas em lota — foi 2,37 euros/kg, em Junho de 2019, avança o Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Agosto de 2019.

Aquele valor corresponde a uma diminuição de 1,3% face a Maio deste ano, em que o preço médio aumentou 12,5%.

Peixes marinhos

O preço médio dos peixes marinhos (1,96 euros/kg) apresentou igualmente uma diminuição de 1,0%, devido à descida do preço de espécies como o carapau, a pescada e a sardinha.

O preço dos crustáceos (11,23 euros/kg) diminuiu 2,0%, situação para a qual contribuiu o menor preço registado no caranguejo mouro, camarões, gamba e lagosta.

O preço médio dos moluscos foi 4,84 Euros/kg e diminuiu 15,5%, devido sobretudo ao menor preço de espécies como o polvo e o choco.

Volume de capturas de pescado

O volume de capturas de pescado em Portugal, em Junho de 2019, diminuiu 4,2% (-15,7% em Maio), justificado pela menor captura de peixes marinhos, nomeadamente atuns e sardinha.

Às 11.714 toneladas de pescado correspondeu uma receita de 28.514 mil euros, valor que representou um decréscimo de 5,3% (-5,6% em Maio).

Na Região Autónoma dos Açores foram capturadas 539 toneladas de pescado, ou seja, um decréscimo de 75,2% (-50,8% em Maio), resultante sobretudo de uma menor captura de atuns.

Na Região Autónoma da Madeira as 1.620 toneladas capturadas representaram um aumento de 86,5% (+47,9% em Maio), devido principalmente à maior captura de atuns.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Beer Party leva mais de 100 cervejas para prova em Lisboa

O melhor do mundo das cervejas estará reunido no Lisbon Marriott Hotel, este sábado, a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.