Início / Apoios e Oportunidades / Ministra do Mar: Portugal é parceiro estratégico da Nova Rota da Seda Marítima

Ministra do Mar: Portugal é parceiro estratégico da Nova Rota da Seda Marítima

A visita da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, à China entre 29 de Outubro e 4 de Novembro “conseguiu concretizar o objectivo de projectar Portugal como um parceiro estratégico da China no desenvolvimento de uma economia do mar competitiva e sustentável, no âmbito da Nova Rota da Seda Marítima”, refere fonte do gabinete da governante.

A comitiva empresarial da ministra do Mar contou com a participação de 40 empresas portuguesas, pertencentes aos seguintes sectores da economia do mar: indústria de transformação do pescado, aquacultura, portos, marinha mercante (shipping), energias renováveis oceânicas, logística marítimo-portuária, construção portuária, tecnologia e engenharia oceânica (robótica e construção de plataformas flutuantes), construção naval.

Por sua vez, nas conferências e nas diversas sessões b2b realizadas, registou-se a participação inédita de 126 empresas chinesas em Pequim e Xangai, distribuídas segundo os sectores mencionados. As conferências e as sessões b2b foram organizadas em conjunto pelo Ministério do Mar, Embaixada de Portugal na China e AICEP China, tendo contado também com o apoio do China Development Bank, do Bank of China e do Haitong Bank.

Em Pequim, a 2 de Novembro, realizou-se a conferência “Blue Partnership Portugal-China and the XXI Maritime Silk Road”, na qual Ana Paula Vitorino participou na sessão de abertura, como também o ministro Wang Hong da State Oceanic Administration (a entidade homóloga do Ministério do Mar na China).

Oportunidades de investimento nos portos portugueses

Nesta conferência foi apresentado o caso de sucesso do investimento da China Three Gorges, as oportunidades de investimento nos principais portos portugueses e as soluções de apoio ao financiamento do China Development Bank, do Bank of China e do Haitong Bank. A assistência foi de 200 pessoas.

Seguiu-se a realização de 3 sessões b2b simultâneas, com a duração de 1h30m, entre as 56 empresas chinesas inscritas e 40 empresas portuguesas da comitiva da ministra do mar, repartidas em 3 salas: Logística e Infraestruturas, Portos e Construção Naval, Indústrias Oceânicas.

Em Xangai, a 1 de Novembro, realizou-se a conferência “Blue Partnership Portugal-China and the XXI Maritime Silk Road”, na qual a ministra do Mar participou na sessão de abertura, como também o chairman da Shanghai Federation of Industry and Commerce, Sr. Wang Zhixiong. Nesta conferência foi apresentada o caso de sucesso do investimento da Fosun, as oportunidades de investimento nos principais portos portugueses e as soluções de apoio ao financiamento do China Development Bank, do Bank of China e do Haitong Bank. A assistência foi de 250 pessoas.

Seguiu-se a realização de 3 sessões b2b simultâneas, com a duração de 1h30m, entre 70 empresas chinesas e 40 empresas portuguesas, repartidas em 3 salas: Logística e Infraestruturas, Portos e Construção Naval, Indústrias Oceânicas.

Nesta iniciativa, também realizou-se a assinatura de um protocolo de cooperação empresarial assinado entre o Porto de Sines e a empresa chinesa Logink, no sector da digitalização da logística portuária

Finalmente, na cidade de Xiamen, no dia 3 de Novembro, Ana Paula Vitorino interviu na sessão de abertura da 12ª edição da World Ocean Week, um dos eventos internacionais de maior prestígio sobre governação e economia do mar da região Ásia-Pacífico, na qual também participou o ministro Wang Hong da State Oceanic Administration.

Cooperação científica, ambiental e empresarial

Seguiu-se a assinatura de um plano de acção entre o Ministério do Mar e a State Oceanic Administration com medidas concretas de cooperação científica, ambiental e empresarial no desenvolvimento sustentável do oceano entre Portugal e a China.

Além disso, nesse mesmo dia, o Ministério do Mar também realizou uma comunicação na World Ocean Week sobre as oportunidades de investimento nas indústrias oceânicas portuguesas.

Para além destas iniciativas, a ministra do Mar e a comitiva empresarial visitaram o Porto de Yangshan, em Xangai (o maior porto do Mundo) e realizaram uma visita à zona automatizada do Porto de Xiamen.

Por fim, para além das reuniões tidas com o ministro da State Oceanic Administration, a ministra do Mar realizou diversas reuniões de alto nível com a administração de grandes grupos chineses como a Fosun, o Shangai International Port Group (o operador do maior porto do mundo), a China Comunications Construction Company (a maior empresa de construção do mundo) e o China Development Bank, onde foi sempre expresso por todas as partes o valor geoestratégico de Portugal como hub atlântico da Nova Rota da Seda Marítima.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

IFAP esclarece candidaturas apoios do VITIS nas áreas afectadas pelos incêndios

O IFAP – Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas emitiu hoje uma nota explicativa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *