InovCluster levou produtos portugueses de excelência à ExpoAlimentaria Peru - AGRICULTURA E MAR ACTUAL
Início / Agricultura / InovCluster levou produtos portugueses de excelência à ExpoAlimentaria Peru

InovCluster levou produtos portugueses de excelência à ExpoAlimentaria Peru

A InovCluster, Associação do Cluster Agro-Industrial do Centro, participou pela primeira vez na ExpoAlimentaria Peru entre os dias 27 e 29 de Setembro em Lima – Peru. Nesta primeira abordagem ao mercado foram promovidos vários produtos agro-alimentares portugueses, como vinho, azeite, licor de ginja, queijo, chás, azeitonas e compotas.

No decorrer do evento existiu uma plena aceitação dos produtos apresentados, com foco nos queijos, azeite, azeitonas e vinho e foram identificadas várias oportunidades de negócio tanto para o mercado peruano como para o mercado russo, italiano, colombiano e brasileiro.

De acordo com o presidente da Inovcluster e da Câmara Municipal de Castelo Branco, Luís Correia, a internacionalização continua a ser uma aposta para as empresas do sector agro-alimentar. “A aposta na diversificação de mercados e em mercados menos trabalhados associa-se a um retorno mais favorável para as empresas que se lançam nesta conquista. Esta acção não será certamente a única que a Inovcluster realizará neste mercado. Tencionamos reforçar a nossa actuação no mercado peruano”, afirma Luís Correia.

4 queijos seleccionados

O stand da Inovcluster foi visitado pelo especialista em queijos, Victor Tecnias que, por considerar os queijos com características únicas, seleccionou quatro da região de Castelo Branco (Queijaria Lourenço, Queijaria Almeida e Queijaria Sabores da Soalheira) para uma sessão de prova de queijos que decorreu em paralelo com a feira e que foi exclusivamente dedicada aos queijos de Castelo Branco. Esta sessão contou com a participação do professor Luís Pinto de Andrade, vice-presidente da Inovcluster.

No último dia do evento o stand da Inovcluster contou ainda com a presença da Embaixadora de Portugal no Peru, Helena Coutinho e da ministra conselheira Isabel Raimundo.

Este certame, apresentado como uma das principais feiras da América Latinas do sector agro.industrial afirma-se como o ponto de encontro internacional de empresas exportadoras e importadoras dos 5 continentes. Consegue juntar produtores, vendedores e importadores ao nível mundial e contou com mais de 683 empresas expositoras provenientes de 15 países. Na edição de 2016 registaram-se um total de 43.613 visitantes provenientes de 77 países.

No contexto da América Latina, o Peru posicionou-se em 2016, como a 7ª maior economia e o 4º país com maior superfície e população, sendo assinalável a mudança estrutural que o país viveu nas três últimas décadas.

A acção insere-se no âmbito do projecto AgriExport, uma iniciativa de promoção internacional e de capacitação das PME do sector agro-industrial, promovida pelo InovCluster e o AnimaForum com o objectivo de promover o aumento das exportações e a visibilidade internacional de Portugal é financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, no montante de 795.554 euros, dos quais 676.221 são provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

FATACIL arranca a 17 de Agosto em Lagoa. Crédito Agrícola é patrocinador oficial

O Crédito Agrícola renova o seu patrocínio à FATACIL – Feira de Artesanato, Turismo, Agricultura, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.