Início / Agenda / INESC TEC leva tecnologias para agricultura e floresta à AgroGlobal. Investimento de 7,4M€

INESC TEC leva tecnologias para agricultura e floresta à AgroGlobal. Investimento de 7,4M€

Tecnologias para a agricultura e floresta, com um investimento de 7,4 milhões de euros vão estar em mostra em Valada do Ribatejo, na 6ª edição da AgroGlobal – Feira das Grandes Culturas que se realiza de 5 a 7 de Setembro de 2018. Tudo pelas mãos da do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC). No Pavilhão Agro Inov (Pavilhão da Tecnologia).

Cinco soluções tecnológicas – três com aplicação na agricultura e duas na floresta – representando um investimento de cerca de 7,4 milhões de euros, vão estar em mostra naquela que é considerada a maior feira agrícola nacional, a AgroGlobal 2018.

Tudo isto e… um protocolo entre o INESC TEC e a Herculano vai ser assinado durante a AgroGlobal.

Revolução digital

“Existem quatro principais tecnologias digitais na ordem do dia no que diz respeito à (r)evolução digital em curso na agricultura e na floresta, são elas a Internet das Coisas, a Inteligência Artificial, a Robótica e o Big Data. O INESC TEC tem competências, recursos e experiência em todas essas áreas e tem feito, nos últimos anos, importantes desenvolvimentos nestes sectores”, diz André Sá, responsável pela área de inovação TEC4AGRO-FOOD do INESC TEC.

E adianta: “O nosso mote assenta na ajuda que podemos dar a moldar a referida (r)evolução digital. É por isso que queremos apresentar aquilo que temos vindo a fazer, naquela que é a maior exposição agrícola do País”. Os dois projectos ligados à floresta que vão estarem mostra chamam-se: Biotecfor e Focus.

Robô no espaço do INESC TEC

O espaço do INESC TEC vai ter um robô, que está a ser desenvolvido pelo INESC TEC juntamente com uma associação florestal portuguesa e mais duas entidades galegas (Espanha), que facilitará a limpeza da floresta no Norte de Portugal e na Galiza, reduzindo o esforço aplicado pelos operadores e tornando essas operações mais seguras.

As máquinas desenvolvidas no âmbito do projecto Biotecfor vão ser autónomas, embora supervisionadas pelos operadores, e dotadas de dispositivos que cortam a vegetação das árvores e fazem um pré processamento da mesma, reduzindo desta forma o custo de transporte até ao local de processamento.

Biomassa recolhida nas limpezas da floresta

Com a biomassa que será possível recolher nestas limpezas, a criação de novos materiais compósitos vai tornar-se uma realidade. Este projecto conta com um investimento de cerca de 1,3 milhões de euros.

Como é que um grupo de investigadores portugueses consegue minimizar o impacto das operações florestais, reduzindo a emissão de CO2 e garantindo uma exploração óptima dos recursos florestais, que apesar de renováveis são escassos?

Projecto Focus

Através de sensores que monitorizam a produtividade das operações e o fluxo dos materiais ao longo da cadeia. O Focus foi um projecto europeu, liderado pelo INESC TEC, com um investimento de cerca de 4,1 milhões de euros, que integrou esses sensores numa solução abrangente que, em conjunto com módulos de software, permite monitorizar operações na floresta e suportar a tomada de decisão em tempo real.

O software vai estar em mostra no espaço do INESC TEC na AgroGlobal.

Mais informação aqui.

Projectos RoMoVi, Smart Farming e Herculano 4

No que diz respeito à agricultura, vão ser apresentados na AgroGlobal os projectos RoMoVi, Smart Farming e Herculano 4.

O RoMoVi é um robô agrícola que trata da monitorização em terrenos acidentados como as encostas das vinhas, de uma forma modular e completamente autónoma. Este robô, cujo desenvolvimento representa um investimento superior a um milhão de euros, nasceu do trabalho conjunto do INESC TEC, da Tekever e da Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVID).

Existem três sistemas de câmaras no RoMoVi: um que serve para monitorizar, outro que contém sensores RGB-D e dois com estereoscopia, que representam os olhos do robô. Para além desses três sistemas, o RoMoVi incorpora ainda sensores a laser e um GPS diferencial.

SmartFarming

Mais ligado à área da Inteligência Artificial, o SmartFarming tem como objectivo optimizar a produção agrícola através de uma ferramenta de gestão agronómica que simplifica os processos agrícolas, determinando parâmetros e tarefas relacionadas com a rega, fertilização,colheitas e doenças, optimizando-os.

Aplicado à agricultura de precisão inteligente, o Smart Farming está a ser desenvolvido pelo INESC TEC, ProdFarmer, Esporão, Sociedade Agrícola da Herdade Maria da Guarda e Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV), com um investimento de cerca de 1 milhão de euros.

5 de Setembro, a partir das 15h00: vai desfilar a Cisterna para agricultura de precisão inteligente

No dia 5 de Setembro, a partir das 15h00, na área de demonstração no terreno disponível na AgroGlobal, vai desfilar a Cisterna para agricultura de precisão inteligente desenvolvida pelo INESC TEC em conjunto com a Herculano (“Made by Herculano powered by INESC TEC”).

Aplicando no momento certo, a quantidade certa, no local certo, através de uma carta de prescrição, fazendo assim com que haja menos desperdício e maior eficácia, a Cisterna é composta por uma consola com múltiplas alfaias, tem ajuste automático da aplicação do chorume em função da velocidade e tem um sensor para chorume de porco e vaca, satisfazendo assim as mais exigentes normas europeias.

Herculano moderniza em parceria com o INESC TEC

A Herculano avançou para a incorporação de tecnologias digitais nos seus produtos, numa parceria com o INESC TEC, que deu origem à Cisterna para a agricultura de precisão inteligente.

A empresa, que produz e comercializa semi-reboques agrícolas, alfaias, equipamentos e acessórios inovadores para a agricultura, silvicultura e afins, tem como estratégia a incorporação de tecnologias de taxa variável e digitais nos seus produtos.

O objectivo é poder contribuir para os desafios da sociedade global, relacionados com a garantia da segurança alimentar e uma agricultura e silvicultura sustentáveis, e para a economia nacional. É, nesse sentido, que um protocolo entre o INESC TEC e a Herculano vai ser assinado durante a AgroGlobal.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Regiões Ultra-periféricas reforçam apoios junto do Parlamento Europeu

O secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas dos Açores manifestou hoje, 19 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.