Início / Agricultura / Incêndios: área ardida desce 70% face à média dos últimos 10 anos em 2019

Incêndios: área ardida desce 70% face à média dos últimos 10 anos em 2019

Os dados do 8.º Relatório Provisório de Incêndios Rurais, do ICNF — Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas de 2019 revelam que o número de incêndios e a área ardida em Portugal continuam a baixar, pelo segundo ano consecutivo.

Comparando os valores do ano de 2019 com o histórico dos 10 anos anteriores, assinala-se que se registaram menos 46% de incêndios rurais e menos 70% de área ardida relativamente à média anual do período.

O ano de 2019 apresenta, até ao dia 15 de Outubro, o segundo número mais reduzido de incêndios, a segunda mais reduzida área ardida e é a primeira vez, desde 2009, que a redução de área ardida ocorre em dois anos consecutivos.

Base de Dados Nacional de Incêndios Rurais

Em termos absolutos, a Base de Dados Nacional de Incêndios Rurais regista, no período compreendido entre 1 de Janeiro e 16 de Outubro de 2019, um total de 10.841 incêndios rurais, que resultaram em 41.622 hectares de área ardida, entre povoamentos (21.163 ha), matos (15.782 ha) e área agrícola (4.677 ha).

“Esta tendência só é possível graças ao esforço colectivo em que se têm envolvido as populações, com particular destaque para os agricultores e produtores florestais, cujo esforço merece o reconhecimento pelo Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural”.diz uma nota de imprensa do Ministério liderado por Luís Capoulas Santos.

Relatório ICNF

Segundo o 8.º Relatório Provisório de Incêndios Rurais de 2019, a distribuição do número de incêndios rurais por classe de área ardida evidencia que em 2019 os incêndios com área ardida inferior a 1 hectare são os mais frequentes (85 % do total de incêndios rurais).

No que se refere a incêndios de maior dimensão, assinala-se, até à data, a ocorrência de 2 incêndios com área ardida superior ou igual a 1.000 hectares.

Consideram-se grandes incêndios sempre que a área ardida total seja igual ou superior a 100 hectares. Até 15 de Outubro de 2019 registaram-se 62 incêndios enquadrados nesta categoria, que resultaram em 27.284 hectares de área ardida, cerca de 66% do total da área ardida.

Análise das causas

Do total de 10.841 incêndios rurais verificados no ano de 2019, 8.640 foram investigados (80% do número total de incêndios – responsáveis por 88% da área total ardida). De estes, a investigação permitiu a atribuição de uma causa para 5.627 incêndios (65% dos incêndios investigados – responsáveis por 52% da área total ardida).

Até à data, as causas mais frequentes em 2019 são: incendiarismo – imputáveis (29%) e queimadas de sobrantes florestais ou agrícolas (16%).

Conjuntamente, as várias tipologias de queimadas e queimas representam 33% das causas apuradas. Os reacendimentos representam 10% do total de causas apuradas, num valor inferior face à média dos 10 anos anteriores (18%).

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 11 a 17 Novembro 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas As cotações médias nacionais dos novilhos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.