Início / Empresas / Endesa freta primeiro navio para transporte de GNL. Porto de Sines na Rota

Endesa freta primeiro navio para transporte de GNL. Porto de Sines na Rota

O primeiro navio metaneiro fretado pela Endesa para o transporte anual de dois milhões de metros cúbicos de gás natural liquefeito (GNL) está terminado e pronto para sua primeira viagem. O gigante Adriano Knutsen deverá fazer-se ao mar no próximo mês de Julho e Sines é um dos portos que está na rota deste navio.

Depois de em 2014 ter fechado a compra de dois milhões de metros cúbicos à LNG Cheniere Energy, no porto de Corpus Christi, nos Estados Unidos, cuja operação comercial está prevista para o ano de 2019, a Endesa embarcou pela primeira vez no sector marítimo de GNL com a contratação de navios metaneiros recém-construídos pela empresa de transporte Knutsen.

Abastecimento de gás para os próximos 20 anos

A Endesa consegue assim cobrir parte do seu abastecimento de gás para os próximos 20 anos com opções muito mais flexíveis e competitivas do que a tradicional contratação da entrega de GNL no destino.

O contrato de fretamento entre a Endesa e Knutsen é de sete anos, com dois períodos de extensão de sete e seis anos, que vai garantir parte das necessidades dos contratos de transporte para a compra de GNL nos próximos anos tanto para a Endesa a partir do Grupo Enel.

O valor do contrato é de cerca de 25 milhões de dólares por ano e o custo de construção do metaneiro é de cerca de 185 milhões de dólares.

O volume de GNL transportado pelo Adriano Knutsen, que será o maior navio de bandeira espanhola, é igual ao consumo de um dia de toda a Espanha ou a oferta anual média para uma cidade de 170.000 residências.

Navio praticamente finalizado

O navio está praticamente finalizado, aguardando apenas as conclusões dos testes de mar e carga antes da entrega. Segundo as previsões, o Adriano Knutsen estará pronto para zarpar a partir de Julho de 2019 e, num ano, poderá ser feita a partir de Corpus Christi 12 viagens no Atlântico ou do Pacífico mais seis viagens no exterior.

O Porto de Sines, será um dos locais onde este novo gigante do mar irá atracar numa rota cujo calendário ainda não está fechado. Em Espanha o Adriano Knutsen atracará nos portos de Huelva, Barcelona, Bilbao, Ferrol, Cartagena e Sagunto.

O navio tem um comprimento de 300 metros, 48 metros de largura (a largura máxima permitida para atravessar o Canal do Panamá) e 26,4 metros escora (altura da quilha ao convés principal). O GNL está armazenado no estado líquido a uma temperatura de -160 graus Celsius em quatro tanques criogénicos.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

Lancha hidrográfica da Marinha em missão de caracterização do fundo do mar na costa algarvia

A lancha hidrográfica Andrómeda encontra-se desde o dia 7 de Outubro a navegar ao longo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.