Início / Agricultura / Como fazer uma horta em casa: guia passo-a-passo

Como fazer uma horta em casa: guia passo-a-passo

Artigo de opinião de Rosa Moreira, Eng.ª Agrónoma, promotora do site A Cientista Agrícola

1. Comece pela preparação do solo

Para preparar o solo para cultivar os seus hortícolas  favoritos tem de em primeiro lugar  criar um ambiente para uma sementeira ou plantação bem sucedida. Tem de ter em atenção que ter um solo com uma qualidade adequada para este tipo de operações é um processo demorado e portanto tem de ter paciência e não pode exigir resultados muito imediatos.Para aprender alguns dos passos que deve ter em consideração para ter um solo fértil e adequado para criar uma horta, tenha em atenção alguns conselhos que dei num artigo anterior sobre esta temática.

horta em casa

2. Escolha o local da sua horta

localização da sua horta é outro passo muito importante e quero salientar que  nem sempre é necessário muito espaço para tal.

Já experimentou criar uma horta na varanda do seu apartamento? ou no seu terraço?

É importante realçar que mais importante que o espaço que vai usar para fazer a sua horta, deve ter muita atenção à sua localização.

É fundamental  que o espaço que escolher para a sua horta receba a incidência dos raios solares directamente  durante parte do dia (a exposição solar durante no mínimo 5 horas  é fundamental) bem como é necessário que tenha nas suas proximidades  um ponto de água para que possa proceder à sua rega facilmente. Conheça os principais métodos de rega aqui.

Um outro conselho que lhe deixo é que a sua horta tenha uma exposição a poente uma vez que dessa forma assegura um maior número de horas de sol, permitindo uma maior diversidade de culturas hortícolas.

horta em casa

Depois de escolher o local para a sua horta, deve decidir quais os recipientes mais adequados caso não tenha muita disponibilidade de espaço. Que tal uma horta em vasos e/ou floreiras?  Para tomar uma decisão acertada deve ter em consideração qual o espaço que tem disponível, tendo sempre em consideração a envolvente do espaço.

Garanta também que caso semeie ou plante em recipientes, estes tenham  furos no fundo para evitar o excesso de água no seu solo. Caso não os tenham, deve fazê-los.

3. Escolha as culturas a semear/plantar

Acredite: a variedade de culturas que pode plantar em sua horta  é  maior do que pensa! Para saber quais escolher, tenha em consideração as práticas de consociação e rotação de culturas, pois conseguirá um maior benefício para si e para o solo da sua horta.

horta em casa

A consociação de culturas além de favorecer a conservação das características do solo permite um maior aproveitamento dos nutrientes deste ao longo do tempo, beneficiando todas as plantas inseridas nesta técnica agrícola.  Tal facto acontece porque as culturas/plantas escolhidas fornecem entre si vantagens simultâneas quando o seu crescimento e desenvolvimento se verifica na mesma área agrícola.

Saiba mais sobre a consociação de culturas aqui.

Existem também algumas plantas que deve deve considerar para colocar no interior da sua horta ou bordadura, saiba mais aqui.

4. Tenha em atenção todos os cuidados de manutenção da horta

Para garantir boas colheitas, deve assegurar que dá às suas plantas tudo o que elas necessitam para crescer e se desenvolver correctamente.

Garanta que o seu solo está bem enriquecido

O solo deve estar bem enriquecido em nutrientes e matéria orgânica para que as plantas fortes e saudáveis. Existem misturas de substrato que estão disponíveis  para comprar em muitas lojas agrícolas, e que garantem que todas as necessidades das plantas sejam suprimidas.

 

horta em casa

Como deve calcular, o solo é um dos pontos essenciais que irá ditar se a sua colheita terá sucesso.

Todos os nutrientes que as suas culturas necessitam são disponibilizados pelo solo e, por essa razão, é fundamental ter atenção à sua fertilidade .

Um solo agrícola de boa qualidade considerado “bom”  não necessita que seja adicionado muitos  compostos orgânicos (1 a 2 vezes por ano é suficiente). Pode aproveitar para produzir os seus próprios compostos orgânicos a utilizar na sua horta,  com estas minhas receitas aproveitando “restos” da sua cozinha ou através de adubação verde.

Se o solo for “pobre” ou seja com falta de nutrientes essenciais, pode enriquecê-lo usando por exemplo húmus de minhoca, compostos orgânicos ou substratos hortícolas disponíveis já prontos para serem utilizados em qualquer loja para este fim.

horta em casa

Outra dica importante que lhe dou é NÃO EXAGERAR  na adubação e evite sempre que possível  usar adubos NPK,  uma vez que  têm um efeito muito rápido nas plantas, contribuem para a redução da fertilidade do solo e aumentam a  erosão do mesmo.

5. Colheita: a época mais esperada!

O tempo para colher o fruto do seu trabalho (colheita) é fundamental e depende muito da cultura que está no terreno. A colheita pode ser influenciado pela época do ano e pelas condições climáticas e por essa razão, informe-se muito bem sobre as culturas que pretende produzir  para garantir os melhores resultados possíveis quando o momento da colheita chegar.

A Cientista Agrícola

Verifique também

Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 11 a 17 Novembro 2019

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas As cotações médias nacionais dos novilhos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.