Início / Agenda / Câmara de Comércio leva empresas à China em missão empresarial

Câmara de Comércio leva empresas à China em missão empresarial

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A CCIP — Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa está a preparar uma Missão empresarial à China: Pequim e Xangai, a realizar de 22 e 27 de Setembro de 2018.

“A Câmara de Comércio quer levar a sua empresa a uma das maiores economias do mundo, que tem registado níveis de crescimento que ocupam os lugares cimeiros do ranking mundial”, diz fonte institucional da organização.

Esta missão empresarial multi-sectorial é destinada a todas as empresas portuguesas que pretendam exportar ou investir naquele mercado.

Objectivos

A Câmara de Comércio pretende com esta missão proporcionar às empresas participantes um conjunto de oportunidades, tais como: conhecer o ambiente de negócios do país; concretizar reuniões individuais de negócios nas cidades de Pequim e/ou Shangai; e desenvolver contactos com entidades governamentais locais para apoio ao investimento na China.

Por outro lado, a missão leva as empresas portuguesas a conhecer os principais operadores do mercado no sector de cada empresa e a concorrência, a estabelecer de contactos com o meio empresarial local e a contactar com parceiros locais de referência.

Parceiros locais

A missão será acompanhada por de um membro da Câmara de Comércio e de um parceiro local durante a missão, garantindo a organização que haverá apoio no período pós-missão empresarial, para que o follow up dos contactos se concretize o mais rápido possível.

Os associados da Câmara de Comércio poderão usufruir de garantia de sucesso: a Câmara devolve o valor da inscrição aos Associados que integrem a Missão e que, no espaço de 2 anos, não concretizem negócios.

Inscrições

Para se inscrever, pode submeter os seus dados online (aqui) até 10 de Agosto, enviando uma apresentação da empresa em inglês (formato PDF ou PPT – max. 5MB). Após a sua pré-inscrição será contactado para validação da viabilidade e adequação do perfil da empresa ao mercado chinês e, caso estas se verifiquem, para confirmar a inscrição e efectuar o respectivo pagamento.

A realização desta missão poderá implicar um número mínimo de 7 empresas participantes. Desistências comunicadas até 24 de Agosto serão alvo de reembolso no valor de 25% do custo da participação. Após esta data, não haverá lugar a reembolso.

O mercado chinês

Com um mercado de quase 1.4 mil milhões de pessoas, a China é, actualmente, a 2ª maior economia mundial, tendo assumindo, nos mais recentes anos, um papel de crescente importância na cena política e económica internacional.

A economia da China tem vindo a registar taxas de crescimento consideráveis, resultantes da reestruturação económica e da sua inserção no contexto internacional. A China, ao abandonar o modelo da economia estatal e planificada, virando-se para uma economia mais orientada para o mercado, experienciou o maior e mais rápido crescimento económico na história mundial.

O processo de transição de uma economia agrícola e rural para uma economia urbana, baseada na indústria e nos serviços, e de uma economia fechada para uma economia aberta às trocas internacionais de bens e de capital, teve, sem dúvida, impactos globais.

Pode consultar o programa provisório aqui.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Comissário dos Oceanos escreve a 22 ministros a pedir solução para a morte acidental de golfinhos

Partilhar            O Comissário Europeu, Virginijus Sinkevičius, responsável pelo Ambiente, Oceanos e Pescas, escreveu a 22 ministros …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.