Início / Featured / Via Navegável do Douro. Cruzeiros em navio hotel registam aumento de 19% em Junho de 2023

Via Navegável do Douro. Cruzeiros em navio hotel registam aumento de 19% em Junho de 2023

“A Via Navegável do Douro no presente ano volta a apresentar resultados muito promissores após o período pandémico, em todos os segmentos de actividade”, diz a APDL — Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo em nota de imprensa.

Nos trajectos que cobrem toda a extensão da Via Navegável do Douro, desde o litoral ao interior e o território espanhol, “os níveis de crescimento do movimento acumulado reportado de Junho, foram significativos quando comparados com o ano de 2022 e após dois anos com muitas limitações atendendo à pandemia”, acrescenta.

Nos cruzeiros em navio hotel, regista-se um crescimento de mais de 19%, com um total acumulado em Junho de 2023 de 41.894 passageiros. Nos denominados cruzeiros de 1 dia, o crescimento registado no mesmo período é de mais de 19%, com um total de 49.987 passageiros.

O movimento das embarcações de recreio está com crescimento de mais de 38%, mais de 12% é o crescimento dos navios com cruzeiros na mesma albufeira, com maior incidência com a área do estuário (Porto/Gaia), mas com movimentos e actividade assinalável nas áreas do território como a Régua e o Pinhão. Estes últimos registaram no acumulado ao mês de Junho um total de 388.861 passageiros, realça a mesma nota.

De igual forma, o movimento de mercadorias, comparativamente com o ano de 2022, está com crescimento, tendo registado em Junho de 2023 mais de 7.500 toneladas.

Atendendo que os meses de Junho a Outubro são meses de uma ainda maior actividade, a APDL espera “grandes resultados em 2023 para o movimento da Via Navegável do Douro, potenciando a única via navegável interior em Portugal e na transversalidade e união litoral/interior”.

Estes resultados “denotam a resiliência de todos os intervenientes” da actividade da Via Navegável do Douro e o “potencial sustentável do movimento do rio Douro enquanto canal para o seu território”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Reguengos de Monsaraz: “ausência de resposta” da EDIA e da DGADR atrasa Bloco de Rega de Reguengos

Partilhar              A presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, a social-democrata Marta Prates, garante que, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.