Início / Agricultura / Tetra Pak e Lactogal reduzem pegada de carbono das embalagens de cartão assépticas para leite

Tetra Pak e Lactogal reduzem pegada de carbono das embalagens de cartão assépticas para leite

A Tetra Pak e a Lactogal, na sequência de testes comerciais bem-sucedidos em 2022, lançaram uma embalagem de cartão para bebidas asséptica, com uma barreira à base de papel. Este lançamento faz parte de uma validação tecnológica em larga escala, envolvendo cerca de 25 milhões de embalagens, actualmente em curso em Portugal.

Feita com, aproximadamente, 80% de cartão, a embalagem aumenta o seu conteúdo renovável para 90%, reduz a sua pegada de carbono em um terço (33%1) e foi certificada como Neutra em Carbono pela Carbon Trust, refere uma nota de imprensa da Tetra Pak.

As emissões de gases com efeito de estufa, o desperdício alimentar e o lixo plástico são referidos como as três principais preocupações de sustentabilidade ambiental que as empresas do sector alimentar e de bebidas (F&B) enfrentam actualmente, esperando-se que esta situação se mantenha nos próximos cinco anos. Soluções de embalagem como esta, que aumentam a quantidade de cartão e reduzem a pegada de carbono, enquanto garantem a segurança alimentar, podem ajudar a indústria a ultrapassar estes desafios, realça a mesma nota.

Em 2015, a Tetra Pak foi a primeira empresa do sector a introduzir uma embalagem totalmente fabricada com materiais renováveis de origem vegetal – cartão e plástico proveniente da cana-de-açúcar. A embalagem de origem vegetal Tetra Rex, adequada para a distribuição de produtos refrigerados, é totalmente renovável e a empresa já entregou, até à data, aproximadamente 6,5 mil milhões destas embalagens a clientes em todo o Mundo.

Tetra Brik Aseptic

Agora, o lançamento em conjunto com a Lactogal da embalagem de cartão Tetra Brik Aseptic 200 Slim Leaf, com barreira à base de papel, fornece uma embalagem que pode ser distribuída em condições de ambiente, enquanto atinge a marca dos 90% de conteúdo renovável. “Este facto coloca a Tetra Pak um passo mais perto da sua ambição de ter uma embalagem de cartão para bebidas feita exclusivamente de materiais renováveis ou reciclados de origem responsável, totalmente reciclável e neutra em carbono. A empresa tem como objectivo a produção da solução à escala industrial até 2025″, acrescenta a mesma nota.

José Capela, presidente da Lactogal, afirma que “a nossa colaboração com a Tetra Pak baseia-se na convicção partilhada de que é possível um futuro mais sustentável. Inovar, em conjunto, é uma parte importante desse caminho. Estamos ambos focados numa ambiciosa transformação da sustentabilidade e a redução de 33% das emissões de gases com efeito de estufa desta nova embalagem, juntamente com a sua certificação Neutra em Carbono pela Carbon Trust, é uma conquista significativa para este objectivo”.

E Ola Elmqvist, executive vice president packaging solutions da Tetra Pak, acrescenta que “o desenvolvimento representa um marco crítico no nosso trabalho de longa data para criar embalagens de cartão para bebidas para a reciclagem – algo que continua a definir o ritmo para a utilização de cartão nas embalagens. Ao unir forças com a Lactogal, estamos agora a demonstrar que é possível progredir na sustentabilidade das embalagens de cartão para bebidas assépticas, sem colocar em risco a segurança alimentar ou o acesso aos alimentos”.

Design for Recycling

Em 2022, juntamente com os seus parceiros da indústria na Alliance for Beverage Cartons and the Environment (ACE), a Tetra Pak adoptou as directrizes Design for Recycling para embalagens de cartão para bebidas, que fornecem orientações técnicas para optimizar a reciclagem deste tipo de embalagens.

Mais recentemente, a aliança 4evergreen – uma plataforma inter-industrial, que tem como objectivo aumentar a contribuição das embalagens à base de fibra numa economia circular e sustentável, com a Tetra Pak entre os seus membros fundadores – adicionou, ao seu conjunto de ferramentas de circularidade à base de fibra, orientações de design para embalagens de bebidas .

A mais recente Circularity by Design Guideline abrange os tipos de embalagens compostas à base de fibra (incluindo embalagens de cartão para bebidas) e informa os designers sobre a sua compatibilidade com processos de reciclagem especializados.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Xylella fastidiosa em videiras de Castelo Branco e Fundão. DGAV dá 10 dias para destruição imediata das plantas

Partilhar              A DGAV — Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que foi confirmada a presença da …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.