Início / Agenda / Projecto Platisor apresenta resultados da gestão do montado de sobro com ataques de plátipo

Projecto Platisor apresenta resultados da gestão do montado de sobro com ataques de plátipo

O projecto Platisor — Métodos para a gestão do montado de sobro com ataques de plátipo da região do Sôr, vai apresentar os resultados da sua pesquisa, no próximo dia 8 de Outubro, a partir das 14 horas, no Teatro Cinema de Ponte Sôr.

Os responsáveis pelo Grupo Operacional, liderado pela Aflosor — Associação de Produtores Florestais de Ponte de Sôr, explicam que os montados de sobro são ecossistemas muito complexos e de delicado equilíbrio que viram o seu estado sanitário agravar-se a partir da década de 80.

Foram identificados diversos factores bióticos associados a este declínio, entre os quais o plátipo (Platypus cylindrus). Esta praga ataca sobretudo árvores mortas ou enfraquecidas, contribuindo para a mortalidade de milhares de árvores. É também um vector de fungos patogénicos.

Gradualmente, tem-se vindo a notar um aumento dos ataques do plátipo, também em árvores verdes. É neste contexto que o Grupo Operacional está a intervir, conjugando novas formas de gestão dos povoamentos com novos meios de luta e aperfeiçoamento dos existentes.

Os objectivos do Grupo Operacional Platisor passam por conhecer a bioecologia do plátipo na região, conhecer os factores relacionados com a distribuição espacial/temporal dos ataques do plátipo, procurar alternativas aos meios de controlo já existentes – biológica e química — e procurar aumentar a eficácia da técnica de armadilhagem existente.

A equipa deste projecto liderado pela Aflosor, tem como parceiros o INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e diversas empresas agrícolas: Alves Bento Sag, Florgénese – Produtos e Serviços para Agricultura e Florestas, a Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Sôr e a Sociedade Agrícola Felizardo Prezado.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 more

Verifique também

Produtores de leite da Póvoa de Varzim em risco de falência pedem para serem pagos ao preço mínimo de 38 cêntimos/litro

Partilhar             more  Caso não exista um aumento do preço do leite a breve prazo, toda a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.