Início / Agenda / Projecto Oleavalor apresentado na FIAPE nas Jornadas sobre Valorização de Oliveira

Projecto Oleavalor apresentado na FIAPE nas Jornadas sobre Valorização de Oliveira

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A 32ª edição da FIAPE – Feira Internacional Agro Pecuária de Estremoz realiza-se de 27 de Abril a 1 de Maio, em paralelo com a 36.ª edição da Feira de Artesanato de Estremoz. E conta com a apresentação do Projecto Oleavalor.

Integrado na FIAPE irão decorrer, no dia 29 de Abril, pelas 15 horas, no auditório do Pavilhão A, do Parque de Feiras e Exposições de Estremoz, as Jornadas Técnicas sobre Valorização das Variedades de Oliveira Portuguesas.

No programa desta iniciativa encontra-se a apresentação do Projecto Oleavalor, a partir das 15 horas.

As Jornadas contam ainda com uma mesa redonda sobre “Variedades de oliveira portuguesas – momento actual e perspectivas futuras”, terminando com uma prova sensorial de azeites monovarietais.

Oleavalor

Estas jornadas pretendem dar a conhecer o projecto de investigação “Oleavalor – Valorização de variedades de oliveira portuguesas”, financiado pelo FEDER e por fundos nacionais, através do programa operacional Alentejo 2020.

O projecto é liderado pela Universidade de Évora e tem como parceiros o Instituto Politécnico de Portalegre, através da sua Escola Superior Agrária de Elvas, o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária — pólo de Elvas — e o CEBAL- Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Alentejo.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Limitação da circulação entre concelhos. Posso ir trabalhar? Os turistas podem circular? Saiba tudo aqui

Partilhar            O Governo determinou a limitação de circulação entre diferentes concelhos do território continental no período …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.