Início / Agricultura / PPE: menos pesticidas sem alternativas não deve encarecer alimentos e levar agricultores ao abandono de explorações
© PPE/GettyImages

PPE: menos pesticidas sem alternativas não deve encarecer alimentos e levar agricultores ao abandono de explorações

O Grupo do Partido Popular Europeu (PPE) considera que a redução do uso e disponibilidade de pesticidas na União Europeia (UE) não pode “comprometer a produção alimentar na Europa”.

O Grupo PPE “não apoiará leis que impeçam a capacidade dos agricultores de produzir alimentos ou que reduzam a produção global de alimentos. O Grupo PPE quer menos pesticidas nos nossos pratos. No entanto, a redução dos pesticidas sem a disponibilidade de alternativas adequadas não deve tornar os alimentos mais caros, não deve reduzir a produção alimentar na Europa e não deve levar os agricultores a abandonarem as suas empresas”, refere uma nota de agenda do partido, que vai explicar a sua posição no próximo dia 24 de Outubro, em conferência de imprensa.

Antes da votação do projecto de lei que visa reduzir os produtos fitofarmacêuticos na Comissão do Ambiente do Parlamento, o Grupo PPE explicará a sua posição numa conferência de imprensa na segunda-feira, às 14h00, na sala de imprensa Anna Politkovskaya, no Parlamento Europeu. em Bruxelas.

A conferência conta com a presença de Alexander Bernhuber, eurodeputado austríaco, negociador-chefe do Grupo PPE para os produtos fitofarmacêuticos, e Franc Bogovič, eurodeputado esloveno, negociador do grupo PPE para produtos fitofarmacêuticos no Comité da Agricultura.

O Grupo PPE é o maior grupo político do Parlamento Europeu, com 178 deputados de todos os Estados-membros da UE.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Confagri. Vídeos “As Cooperativas e a Inovação na Agricultura”. Conheça as Organizações de Produtores e a carne de raças autóctones

Partilhar              A Confagri – Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas lançou o projecto “As Cooperativas e a Inovação na …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.