Início / Agricultura / Os desafios da sustentabilidade e inovação no mercado de vinhos

Os desafios da sustentabilidade e inovação no mercado de vinhos

Artigo de opinião de Frederico Falcão, Presidente da ViniPortugal

O mundo do vinho é um mundo fascinante, cheio de tradição, história e experiências incomparáveis. No entanto, o sector dos vinhos enfrenta, actualmente, desafios importantes, tais como o imperativo pela sustentabilidade e a inovação que hoje são factores-chave para o sucesso. A procura por práticas mais amigas do ambiente, juntamente com a necessidade de adaptação às mudanças nas preferências do consumidor e à revolução digital, são temas que não podem ser ignorados.

A sustentabilidade é um tema cada vez mais urgente em todos os sectores de actividade, e o mercado de vinhos não é excepção. O cultivo das uvas e a produção de vinho têm um impacto significativo no ambiente, desde o uso de água e pesticidas até à pegada de carbono resultante de todo o processo. Os consumidores estão cada vez mais conscientes dessas questões e procuram produtos mais sustentáveis.

A pensar num sector mais verde foi lançado o Referencial Nacional de Certificação em Sustentabilidade do Sector Vitivinícola, cuja entidade gestora é a ViniPortugal. Esta é uma ferramenta de trabalho para as organizações do sector vitivinícola nacional e que certifica as empresas com abordagens sociais, económicas e ambientais no sentido de alcançar um sistema sustentável de produção agrícola. O sector vitivinícola, pela sua importância territorial, económica, social e ambiental, pode liderar este “caminho” e desempenhar o seu papel na concretização dos objectivos de sustentabilidade.

Este Referencial seguiu a Resolução OIV-VITI 641-2020 (Guia para a Implementação dos Princípios da Vitivinicultura Sustentável) onde são identificados os principais desafios colocados ao sector vitivinícola na adaptação da abordagem de sustentabilidade: Manter um mercado sustentável de acordo com as expectativas da sociedade, tanto dentro como fora da organização, mantendo a competitividade económica e produtiva; Melhorar a confiança da sociedade nas empresas vitivinícolas através da implementação de uma abordagem baseada na sustentabilidade e Desenvolver uma vitivinicultura sustentável com o objetivo de prevenir impactos ambientais negativos, através da adequação das práticas de produção.

A certificação de vinhos sustentáveis é uma maneira de destacar produtos que respeitam práticas ecológicas. No entanto, os desafios surgem na definição e regulamentação dos critérios de sustentabilidade.

Inovação 

A inovação também desempenha um papel decisivo no mercado de vinhos. A revolução digital alterou profundamente a forma como os produtores, distribuidores e consumidores se relacionam com o vinho. E no caso dos consumidores, ainda mais, na medida em que estes têm acesso a muita informação sobre vinhos, incluindo avaliações, notas de degustação e recomendações. A democratização da informação é, sem dúvida, uma oportunidade e um desafio para os produtores, pelo que têm de se adaptar a um ambiente em que a reputação e a qualidade são mais importantes do que nunca.

É um facto que o sector dos vinhos enfrenta desafios entusiasmantes, mas também complexos no que diz respeito à sustentabilidade e inovação. À medida que os consumidores se tornam mais conscientes do ambiente e mais exigentes em relação à qualidade, os produtores de vinho têm a oportunidade de se destacar através da produção sustentável e da inovação.

O sucesso no mercado de vinhos passa por encontrar uma aliança equilibrada entre tradição e inovação, entre o respeito pela terra e a criatividade na produção. Como entidade promotora, temos o poder de apoiar os produtores nas suas demandas pela sustentabilidade e valorização da inovação, garantindo assim um futuro auspicioso para o mercado de vinhos.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Chega recomenda ao Governo reversão da extinção das Direcções Regionais de Agricultura

Partilhar              O Grupo Parlamentar do Chega (CH) recomenda ao governo que “reverta a decisão de extinção …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.