Início / Agricultura / AgroBioTech debate aplicação e utilização da biotecnologia na agricultura

AgroBioTech debate aplicação e utilização da biotecnologia na agricultura

O AgroBioTech, uma parceria entre a CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal e a P-BIO — Associação Portuguesa de BioIndústria, organizam o Colóquio “AgroBioTech: uma estratégia para a agrobiotecnologia em Portugal”, a realizar-se no próximo dia 6 de Dezembro no CNEMA — Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, em Santarém.

O AgroBioTech foi criado com o objectivo de criar uma estratégia comum que tire proveito das capacidades instaladas no País, tanto na biotecnologia como na agricultura, promovendo a modernização da produção agro-alimentar e florestal e a competitividade do sector, através do desenvolvimento de novos produtos diferenciados e de soluções para o aumento de rendimento e valorização de recursos.

“Foi neste cenário que surgiu a necessidade de elaborar um estudo sobre a aplicação e a utilização da biotecnologia na agricultura e que pretende desenvolver uma estratégia comum para fomentar a inovação biotecnológica no sector agrícola e agro-alimentar, mapeando as iniciativas, produtos e modelos de negócio”, refere uma nota de imprensa enviada pela CAP.

O AgroBioTech, numa primeira fase, mapeou e compilou os principais actores que desenvolvem soluções biotecnológicas aplicadas aos sectores agrícola, agro-alimentar e florestal português, bem como caracterizou as soluções, iniciativas, produtos, modelos de negócio, barreiras e oportunidades de inovação biotecnológica aplicada a estes sectores a nível nacional.

A análise de toda esta informação recolhida foi reflectida num documento de posição conjunto, com o intuito de influenciar junto das autoridades nacionais com competências nesta área a aplicação das políticas e mecanismos que melhor contribuam o desenvolvimento e a incorporação desta inovação.

O Colóquio “AgroBioTech: uma estratégia para a agrobiotecnologia em Portugal” pretende apresentar as principais conclusões a que a CAP e a P-BIO chegaram, assim como debater quais os próximos passos a dar tendo em vista passar do estudo à acção.

As inscrições são gratuitas mas obrigatórias e deverão ser efectuadas aqui. Programa aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Agro.Ges: prevê-se uma transferência de áreas ocupadas por cereais para culturas leguminosas

Partilhar              “Não se esperam alterações na área ocupada pelos solos agrícolas e florestais da União Europeia, …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.