Início / Agricultura / Governo lança IVDP+Educa para combater alcoolismo nos jovens
© IVDP

Governo lança IVDP+Educa para combater alcoolismo nos jovens

Os Ministérios da Agricultura e da Alimentação e da Educação, através, respectivamente, do IVDP — Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto e da Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), unem esforços na criação de um projecto pedagógico inovador, tendo em vista reforçar o combate ao alcoolismo nas camadas mais jovens e destacar a pluridisciplinaridade associada à cultura da vinha e à produção de vinho.

“Educar, informar e prevenir” é o mote da iniciativa “IVDP+Educa: Saber Beber, Viver Melhor”. Promovendo o consumo moderado e o papel do vinho na cultura e tradição nacionais, esta surge da consciência da responsabilidade social do IVDP e da necessidade de informar e esclarecer a geração mais jovem, refere um comunicado de imprensa do Ministério da Agricultura.

E adianta que sendo o “consumo de álcool um tópico de grande relevância para a saúde pública, considera-se essencial fornecer dados claros e objectivos, que, por um lado, dêem lugar a hábitos saudáveis e equilibrados e, por outro, preservem o lugar deste produto na valorização dos territórios, no desenvolvimento sustentável e coeso e na projecção da identidade do País”.

Este projecto será implementado, a partir de Janeiro, na Região Demarcada do Douro, uma região rica em história e cultura vitivinícola, e, sendo destinado aos jovens estudantes do ensino secundário, as escolas interessadas poderão aderir ao mesmo.

A cerimónia de assinatura do protocolo decorreu na Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural do Rodo, no Peso da Régua, e contou com a presença da ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, e do secretário de Estado da Educação, António Leite.

Acções de sensibilização 

Assinado pelo IVDP e pela DGEstE, este protocolo abrange um conjunto de actividades, incluindo workshops, acções de sensibilização sobre os efeitos do consumo de álcool, visitas a bibliotecas, vinhas e adegas, práticas de voluntariado e actividades experimentais em campos de selecção de videira.

Além disso, serão concedidas distinções anuais que reconhecem o compromisso e o envolvimento dos estudantes no projecto. A DGEstE colaborará com o IVDP no desenvolvimento das actividades propostas, incluindo a revisão dos projectos educativos e a divulgação das acções realizadas.

© IVDP

Para a ministra Maria do Céu Antunes, “este é mais um passo na valorização da Região Demarcada do Douro e dos seus produtos de excelência. Assente na cooperação, focado no combate a comportamentos de risco e preconizador da valorização da Dieta Mediterrânica, do que é endógeno e autóctone, este criará mais uma oportunidade na comunicação do vinho como um produto cultural, com história”.

“Além disso, este protocolo, que queremos replicar, enquadra-se numa estratégia para a região, e para o país, que ambiciona uma maior sustentabilidade multidimensional, em linha com outras acções, como o Referencial Nacional de Certificação de Sustentabilidade para o Sector Vitivinícola ou a Declaração pela Sustentabilidade da Região Demarcada do Douro, e em harmonia com políticas basilares, entre as quais destaco o Plano Estratégico da Política Agrícola Comum e a Agenda de Inovação ‘Terra Futura’ ”.

Já o secretário de Estado da Educação, António Leite, lembrou que “o Douro é o cruzamento de duas heranças. Uma, que a terra nos deu e outra, o trabalho dos antepassados que aqui foi desenvolvido. Não sendo um País de riqueza natural com petróleo, ouro ou diamantes como outros, somos um país de riqueza humana. A economia depende de um acesso, massificado, à educação, garantido pela Constituição da República Portuguesa”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Garland Logistics obtém Certificação IFS Logistics para armazenamento e transporte de bens alimentares

Partilhar              A Garland Logistics, empresa de logística do Grupo Garland, obteve a exigente certificação pelo Standard …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.