Início / Agricultura / GNR detém 7 pessoas por furto de azeitona em Aljustrel e Vidigueira
© GNR

GNR detém 7 pessoas por furto de azeitona em Aljustrel e Vidigueira

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve sete pessoas entre 14 e 18 de Outubro por furto de azeitona. Ao todo, foram recuperados 304 quilos nos concelhos de Aljustrel e Vidigueira.

© GNR

O Comando Territorial de Beja, através do Posto Territorial de Aljustrel, no dia 14 de Outubro, deteve em flagrante dois homens e duas mulheres com idades compreendidas entre os 17 e 22 anos, por furto de azeitona, no concelho de Aljustrel.

No âmbito de uma denúncia por furto de azeitona, os militares da Guarda desenvolveram diversas diligências policiais que permitiram localizar os suspeitos e apreender 200 quilos de azeitona e diverso material relacionado com a colheita e recolha de azeitona no solo, informa a GNR.

Os detidos foram constituídos arguidos e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Ourique. A acção contou com o reforço do Posto Territorial de Ferreira do Alentejo.

104 quilos na Vidigueira

Já a 18 de Outubro, o Comando Territorial de Beja, através do Posto Territorial de Vidigueira, deteve em flagrante um homem e uma mulher de 22 e 23 anos, por furto de azeitona, no concelho de Vidigueira.

No âmbito de uma denúncia de que os suspeitos se encontravam num olival a furtar azeitona, os militares da Guarda “deslocaram-se rapidamente para o local onde surpreenderam os suspeitos no momento em que estavam a apanhar a azeitona sem autorização do proprietário, motivo que levou às suas detenções em flagrante”.

No seguimento das diligências policiais, foi possível apreender 104 quilos de azeitona e diverso material relacionado com a colheita e recolha de azeitona no solo.

Os detidos foram constituídos arguidos e serão presentes no Tribunal Judicial de Cuba, para aplicação das medidas de coacção. A acção contou com o reforço do Núcleo de Protecção do Ambiental (NPA) de Beja.

Operação “Campo Seguro 2023”

A GNR relembra que “a colheita ou apanha de azeitona, ainda que esteja caída no chão, sem o consentimento do proprietário do olival poderá configurar crime contra o património”.

No âmbito da operação “Campo Seguro 2023”, a GNR leva a cabo acções de patrulhamento, sensibilização e fiscalização, com o propósito de evitar crimes de furto, junto de propriedades/explorações agrícolas, bem como de reforçar o policiamento para dissuadir e reprimir a prática de furtos nos campos agrícolas.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

PSD/Açores: Orçamento para 2024 demonstra estratégia para o sector das pescas

Partilhar              O deputado regional do PSD/Açores Jaime Vieira salientou quarta-feira que o Plano e Orçamento para …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.