Início / Agricultura / Fenadegas leva Bouquet Adegas de Portugal ao Brasil

Fenadegas leva Bouquet Adegas de Portugal ao Brasil

A Fenadegas – Adegas Cooperativas de Portugal, viu aprovada a sua candidatura ao Concurso de Apoio à Promoção de Vinhos em Mercados de Países Terceiros com o projecto de lançamento e promoção da marca de Vinhos “Bouquet”, um projecto que representa mais de 18 mil viticultores de diversas regiões vitivinícolas portuguesas e que se prepara para levantar “voo” e rumar para o Brasil.

Esta iniciativa arrancou com o registo da nova marca “Bouquet Adegas de Portugal” e, a partir daqui, foi desenhada toda uma estratégia de publicidade e desenvolvido um plano de marketing e comunicação, com implementação de acções de social media (Facebook, Instagram, influencers), com vista à construção de uma imagem corporativa e comercial que impulsionasse a divulgação da marca e dos seus produtos junto do mercado brasileiro, refere uma nota de imprensa da Fenadegas.

O “Bouquet” reúne o melhor que Portugal nos dá: aromas, colorações, reflexos, paisagens, histórias. São vinhos portugueses, de corpo e alma, com o perfil da terra, o espírito das castas nativas, a genuinidade de tudo o que é feito com respeito pela natureza original de cada um. Sejam complexos, frutados, elegantes, mais estruturados ou mais leves, mais aveludados ou cítricos, mas, com toda a certeza, genuínos, capazes de exprimir o melhor de cada região e de conquistar reconhecimento no mundo inteiro.

No arranque, o “Bouquet Adegas de Portugal” conta com as participações de VerCoope; Adega Cooperativa de Ponte de Lima; Adega Cooperativa de Monção; Adega Cooperativa de Favaios; Cooperativa Agrícola do Távora; Adega Cooperativa de Cantanhede; Adega Cooperativa de Figueira de Castelo Rodrigo; Adega Cooperativa de Silgueiros; Adega Cooperativa do Cadaval e Adega Cooperativa de Dois Portos.

Desde a sua criação, em 1981, a Fenadegas tem como “papel essencial estar ao lado de todos aqueles que estão na origem e na génese dos vinhos portugueses e que, com o seu trabalho e dedicação, permitem criar vinhos que levam longe o nome de Portugal”, acrescenta a mesma nota.

Ao representar as adegas cooperativas, cujo trabalho “em prol da autenticidade e da excelência dos vinhos portugueses tem resultado em prémios nacionais e internacionais (mais de 1.500 nos últimos oito anos)”, a Fenadegas assume “também o papel de promover, informar, formar e assistir técnica e juridicamente os seus associados”.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Cotações – Suínos – Informação Semanal – 23 a 29 Janeiro 2023

Partilhar              Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas Na semana em análise as cotações …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.