Início / Agenda / CEPAAL organiza Festival do Azeite Novo em Évora de 9 e 10 de Dezembro

CEPAAL organiza Festival do Azeite Novo em Évora de 9 e 10 de Dezembro

O CEPAAL – Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo, com o apoio da Câmara Municipal de Évora, organiza o Festival do Azeite Novo, a realizar-se nos dias 9 e 10 de Dezembro no Mercado Municipal de Évora.

O Festival do Azeite Novo tem como principal objectivo promover e divulgar os azeites do Alentejo recém produzidos na campanha 2023/2024, o consumo de azeite de qualidade e o conhecimento sobre o produto, sensibilizando o público em geral e os restauradores para a importância do consumo de azeite enquanto gordura saudável e pilar da dieta mediterrânica, bem como enquanto elemento característico da identidade e cultura de Portugal, e em particular da região Alentejo, onde o azeite é rei da gastronomia e sinónimo de tradição.

O Festival do Azeite Novo pretende ser “um momento de comemoração e partilha, pelo que nos dias 9 e 10 de Dezembro, irá decorrer no Mercado Municipal de Évora, o Mercadinho do Azeite Novo, que irá contar com stands de produtores, conferências, visitas de campo, provas de azeites e showcooking”, refere uma nota de imprensa do CEPAAL.

De maneira a promover o Festival, poderá ser encontrado nos restaurantes de Évora, de 4 a 10 de Dezembro, um prato dedicado ao evento e feito com Azeite do Alentejo, sendo ainda divulgada uma carta digital com toda a informação sobre os restaurantes aderentes, os pratos e os azeites disponíveis. “Com esta actividade pretendemos aproximar os produtores e os consumidores através da celebração do património olivícola da região”, acrescenta a mesma nota.

O presente projecto é co-financiado por fundos comunitários e nacionais através do PDR 2020 e conta com um investimento de 76 639.75 €.

Sediado em Moura, o CEPAAL – Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo nasceu em 1999 e é uma associação sem fins lucrativos que tem como objectivo dinamizar e promover os sectores oleícola e olivícola nacionais, no geral, e do Alentejo, em particular. Além de 25 produtores, tem entre os seus associados instituições ligadas ao sector olivícola e oleícola, incluindo organismos do Estado, municípios e universidades.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

REN planta 1.350 laranjeiras da variedade autóctone de Ermelo

Partilhar              A REN – Redes Energéticas Nacionais e a União de Freguesias de São Jorge e …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.