Início / Agricultura / Cebal regressa com programa itinerante de valorização do cardo na produção do queijo. Nisa e Portalegre na agenda

Cebal regressa com programa itinerante de valorização do cardo na produção do queijo. Nisa e Portalegre na agenda

O Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo (Cebal) está de regresso com uma nova sessão do Roadshow Tecnológico Nacional “Valorização Integrada do Cardo”, desta vez com duas sessões no Distrito de Portalegre, com os temas: “DOP Nisa em análise” e “Portalegre Circular em análise”.

Nesta quarta sessão do programa itinerante nacional, lançado em colaboração com o Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) e a Universidade de Évora (UÉvora), a discussão relativa à valorização do cardo na produção do queijo de Nisa e o seu contributo para uma Economia Circular vão estar em destaque.

A quarta sessão do Roadshow Tecnológico para a “Valorização integrada do Cardo” terá duas partes, a primeira focar-se-á no tema: “DOP Nisa em análise”, ocorrerá dia 22 de Junho, e a segunda parte, com o tema:” Portalegre Circular em análise”, terá lugar no dia 29 de Junho, ambas serão em formato online.

Queijo DOP Nisa

Com a chegada do Verão, também a recolha da flor do Cardo (Cynara cardunculus) se aproxima. A flor desta planta é um ingrediente fundamental na produção de queijos no nosso País, como o queijo DOP Nisa, o protagonista da primeira parte deste programa. Além da valorização da flor, o cardo é uma planta multifuncional adequada à extracção de bio-ingredientes e biomassa com aplicações diversas: desde a indústria alimentar, a energia até à indústria farmacêutica, o que a torna adequada à inserção numa Economia Circular, o foco da segunda parte deste programa.

A primeira parte do evento irá focar-se nos estudos desenvolvidos com base no queijo DOP Nisa. A apresentação do investigador João Dias (IPBeja) irá focar-se nas estratégias de automação das câmaras de cura de queijo. Já a investigadora Cristina Conceição (UÉvora) irá evidenciar o estudo da caracterização da influência da flor do cardo na produção de queijo artesanal, como o queijo DOP Nisa.

A mesa-redonda intitulada “Cardo: um recurso dinamizador do território” será promovida pela Comissão de Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDR-Alentejo) e terá como convidada a entidade certificadora Agricert. Esta será uma reflexão sobre as potencialidades do Cardo como um recurso dinamizador do território, através da produção de produtos regionais, como o queijo DOP Nisa, e não só.

Portalegre Circular

O programa da segunda parte do evento irá evidenciar a importância da planta cardo para o estabelecimento de uma Economia Circular. As apresentações das investigadoras Fátima Duarte e Teresa Brás do CEBAL, MED pretendem evidenciar a investigação desenvolvida relativa à valorização da folha do cardo, através da extracção de compostos de valor que podem ser aplicados na indústria agrícola e farmacêutica, abordando também a perspectiva económica.

Por outro lado, a apresentação da investigadora Luísa Carvalho do Instituto Politécnico de Viseu (IPViseu) irá abordar um projecto recente de produção de uma linha de mobiliário que combina partículas de madeira e caule de cardo. Nesta segunda parte, a mesa-redonda, intitulada “O potencial circular da cultura do Cardo”, será dinamizada pelo Instituto Politécnico de Portalegre e terá como entidade convidada o Fórum de Economia Circular da CCDR-Alentejo (FECA). Esta será uma discussão em volta da elevada multifuncionalidade do cardo e o seu contributo para o estabelecimento de uma Economia Circular.

As duas partes desta sessão são abertas a todos os interessados e ocorrerão em formato online via videoconferência Zoom a partir das 14 h horas. As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, até ao dia 28 de Junho, aqui.

Mais de 200 participantes

O programa itinerante de Valorização do Cardo já contou com mais de 200 participantes de diferentes regiões do País e pretende chegar a muito mais, numa estratégia de promoção de soluções integradas de utilização e produção deste recurso endógeno de alto valor.

Esta iniciativa é uma actividade que se insere no projecto CynaraTeC financiado pelo Programa Operacional Regional do Alentejo – Alentejo 2020. Este é um projecto de transferência de conhecimento e tecnologia que pretende unir a investigação científica a diferentes sectores industriais no apoio à valorização do cardo.

Agricultura e Mar Actual

 
       
   
 more

Verifique também

Italiano Mirko Giannella vence final do Concurso Internacional de Corte de Presunto Ibérico

Partilhar             more  O italiano Mirko Giannella foi o vencedor da final do Concurso Internacional de Corte …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.