Início / Agricultura / Carne bovina Angus do Pingo Doce é a primeira em Portugal certificada em bem-estar animal

Carne bovina Angus do Pingo Doce é a primeira em Portugal certificada em bem-estar animal

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A carne nacional de bovino Angus Pingo Doce é a primeira em Portugal a receber a certificação em bem- estar animal segundo o protocolo Welfair TM com o selo AENOR — Associação Espanhola de Padronização e Certificação.

A carne Angus do Pingo Doce, que conquistou o reconhecimento e certificação em bem-estar animal, tem origem nas explorações da Best Farmer, empresa do Grupo Jerónimo Martins, localizadas no Cartaxo e em Manhente, bem como em produtores nacionais que colaboram directamente com a Best Farmer.

Segundo um comunicado da empresa, a atribuição da certificação “reflecte o respeito com que os animais são tratados e está assente em quatro aspectos fundamentais: boa alimentação de qualidade e equilibrada; boas instalações; saúde animal; e expressão dos comportamentos naturais dos animais.

Quanto à boa alimentação de qualidade e equilibrada, refere o Pingo Doce que se trata de uma “alimentação à base de silagem de milho nacional e de subprodutos da industria alimentar local (tais como tomate, cenoura, batata doce e dreche de cervejaria). Desta forma, além de se promover uma alimentação adequada, estimula-se uma economia circular bem como a redução do consumo de água pelos animais”.

Quanto às “boas instalações”, garante que existe um “espaço adequado, com camas sempre secas e confortáveis, com controlo de temperatura para evitar stress térmico. Cada parque conta ainda com escovas de massagem que promovem uma boa circulação sanguínea e mantêm os animais limpos conduzindo assim ao relaxamento e o enriquecimento ambiental”.

Saúde animal

Já na saúde animal, salienta que os animais são “acompanhados diariamente por uma equipa de médicos veterinários, que recorre às mais recentes técnicas de maneio e prevenção de doença, no sentido de reduzir o stress e promover saúde”.

E na área da expressão dos comportamentos naturais dos animais, diz que tem “espaço adequado e pensado para a manifestação do natural comportamento animal”.

“Para o Pingo Doce, esta certificação é mais um passo no compromisso com a sustentabilidade e com a qualidade. Assim, os nossos clientes sabem que, quando compram Angus Pingo Doce, estão a adquirir um produto de elevada qualidade, criado com o máximo respeito pelos animais e pelo meio ambiente”, afirma Maria João Coelho, directora de marketing do Pingo Doce.

Toda a carne da raça Angus do Pingo Doce nasce em Portugal e é criada por 200 produtores portugueses, que trabalham “em estreita parceria com a insígnia. Um projecto inovador e pioneiro, estabelecido há cerca de dez anos, que permitiu desenvolver uma raça que até à data não se criava em Portugal”, realça o mesmo comunicado.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Cuidado com a queima de sobrantes florestais. GNR identifica homem de 78 anos por incêndio em Vila Real

Partilhar              O Comando Territorial de Vila Real da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.