Início / Agricultura / Beja. Abertas inscrições ao voluntariado jovem para prevenção de incêndios rurais. Câmara paga 12€/dia

Beja. Abertas inscrições ao voluntariado jovem para prevenção de incêndios rurais. Câmara paga 12€/dia

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Câmara Municipal de Beja informa que já se encontram abertas as inscrições para o programa Voluntariado Jovem para as Florestas no portal do IPDJ — Instituto Português do Desporto e Juventude (aqui) no projecto de Beja Safe Forest XXI – Uma floresta segura está nas tuas mãos.

Os jovens entre os 18 e os 30 anos podem candidatar-se e são ressarcidos de 12€/dia, sendo os turnos de 10 dias úteis.

Este projecto, explica a autarquia de Beja em nota de imprensa, “visa estimular as práticas de voluntariado juvenil, no âmbito da prevenção de incêndios rurais e da preservação da natureza, fomentando-se a vigilância das matas da cidade de Beja por meio de BTT, a limpeza e recolha de resíduos indiferenciados, a sensibilização da população para o flagelo dos incêndios em meio rural”.

Formação em primeiros socorros

A grande novidade deste ano será a formação em Primeiros Socorros e Suporte Básico de Vida ministrada pela ALENTO – Associação para a Formação em Reanimação, a todos os jovens participantes, totalmente gratuito, com direito a certificado especifico na área da saúde.

No final dos turnos está programada a dinamização de um exercício de simulacro onde os jovens irão por em prática as competências apreendidas no decurso das actividades do projecto.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Ministério do Ambiente apoia indústria electrointensiva com 25 milhões de euros

Partilhar              O ministro do Ambiente e da Acção Climática, João Pedro Matos Fernandes, assinou hoje, 15 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.