Início / Agricultura / Área ocupada por cereais no perímetro de rega de Alqueva estabiliza nos 3.000 ha

Área ocupada por cereais no perímetro de rega de Alqueva estabiliza nos 3.000 ha

O valor médio da área ocupada por cereais no EFMA — Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, desde 2017, ronda os 3.000 ha, verificando-se assim uma estabilização das áreas ocupadas por cereais. As culturas que contribuem mais para esta ocupação são os trigos e a cevada, que devido ao programa criado pela Maltibérica para a produção de cevada para malte, faz contratos com os agricultores e fomenta a cultura na região.

Os dados são avançados pelo Anuário Agrícola de Alqueva de 2023, elaborado pela EDIA — Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, adiantando que “no ano de 2023 verifica-se que o aumento da área ocupada por cereais, foi residual relativamente ao ano anterior, assim, mantêm-se a tendência de estabilização das áreas ocupadas por cereais, nos perímetros do Alqueva”.

Ainda segundo o Anuário, “comparativamente com o ano anterior, destaca-se a subida da área de cevada em cerca de 50%, para os cerca de 1.400 ha. Relativamente aos outros cereais, existiu o aumento de áreas de alguns deles, que foi compensado pela queda de outros. Este fenómeno é explicado em parte pelas opções culturais tomadas pelo agricultor, que segundo as suas rotações, toma as decisões agronómicas que mais lhe convém”.

Anuário Agrícola de Alqueva

O Anuário Agrícola de Alqueva de 2023 assinala a sua nona edição, mantendo o compromisso de fornecer informações sobre os sistemas de produção existentes e potenciais em Alqueva. O seu principal propósito continua a ser auxiliar os agricultores, técnicos e investidores interessados no desenvolvimento ou estudo de actividades agrícolas sustentáveis na região.

A elaboração deste documento resulta da recolha de informação sobre as diferentes culturas, junto de especialistas, de produtores da região, informação de documentos, artigos e outra bibliografia publicada e disponibilizada pelas várias entidades do sector.

Foram também consultados dados e informação do Instituto Nacional Estatística (INE), do Gabinete de Planeamento e Políticas (GPP) e de outras instituições ligadas ao Ministério da Agricultura.

Consulte o Anuário Agrícola de Alqueva de 2023 aqui.

Agricultura e Mar

 
       
   
 

Verifique também

Já são conhecidos os vencedores do Prémio Nacional de Enoturismo 2024

Partilhar              A gala da terceira edição do Prémio Nacional de Enoturismo Apeno/Ageas Seguros 2024, considerado o …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.