Início / Agricultura / Amy´s Kitchen vai produzir produtos vegetarianos e biológicos em Santa Maria da Feira

Amy´s Kitchen vai produzir produtos vegetarianos e biológicos em Santa Maria da Feira

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A norte-americana Amy’s Kitchen escolheu Santa Maria da Feira para produzir as suas refeições vegan pré-cozinhadas. A assinatura do contrato de investimento teve lugar na passada sexta feira e contou com a presença do primeiro-ministro, António Costa, e do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral. Esta será a primeira unidade da empresa a operar fora dos Estados Unidos e promete criar 160 postos de trabalho, 11 dos quais altamente qualificados.

A Amy’s Kitchene, Unipessoal, Lda foi já constituída em Dezembro de 2015 e espera gerar, no ano cruzeiro, um volume de vendas de 36 milhões de euros, 99% das quais dirigidas aos mercados internacionais.

Detida na íntegra pela Amy’s Kitchen International Limited, a unidade de Santa Maria da Feira tem como objectivo estratégico contribuir para a consolidação do crescimento e internacionalização do grupo na Europa, visando a manutenção da liderança mundial do mercado agro-industrial de produtos “ready-to-eat” vegetarianos biológicos, geneticamente não modificados.

Fundada em 1987, na Califórnia, e empregando actualmente 1.900 funcionários, há mais de um ano que a empresa estava à procura de uma localização na Europa para internacionalizar a sua actividade.

Apoio Portugal 2020

A empresa apresentou uma candidatura no âmbito do SI Inovação RCI – Portugal 2020, que prevê a criação do primeiro estabelecimento da Amy’s Kitchen em Portugal, através da construção de um edifício de raiz, em Santa Maria da Feira.

O projecto contribui para o fabrico de produtos em Portugal ready-to-eat-congelados ou enlatados vegetarianos, biológicos, naturais e geneticamente não transformados e engloba um conjunto de investimentos em equipamentos diferenciados tecnologicamente, através do recurso a tecnologias únicas para o processamento, confecção e tratamento dos diferentes elementos que compõem as refeições e que permitem preservar a qualidade e o sabor de todas as matérias-primas.

Do ponto de vista da inovação tecnológica, destaca-se ainda a introdução de vários equipamentos desenhados exclusivamente para o processo da Amy’s Kitchen – sistemas de mistura, de refrigeração, de aquecimento e de arrefecimento que permitem a adopção de ritmos, velocidades e temperaturas distintas.

O grau de novidade da inovação é internacional: os produtos que serão produzidos em Portugal são novos para o mercado nacional e para os mercados europeus (porque não existe nenhuma instalação fabril dotada para a produção destes produtos em solo europeu) e serão distribuídos a partir de Portugal.

Agricultura e Mar Actual

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •   
  •   
  •   
  •  

Verifique também

Estatuto da Agricultura Familiar tem validade prolongada de 1 para 3 anos

Partilhar              A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, já assinou a portaria que altera a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.