Início / Agricultura / Real Companhia Velha aposta na promoção de vinhos da Quinta dos Aciprestes na China

Real Companhia Velha aposta na promoção de vinhos da Quinta dos Aciprestes na China

A presença dos vinhos da Real Companhia Velha na China é já um dado adquirido, mas a sua procura tem aumentado, nomeadamente no que diz respeito às referências da propriedade e marca Quinta dos Aciprestes (DOC Douro).

Isto porque o Quinta dos Aciprestes 2016 foi o vinho tinto eleito pelo protocolo para o almoço que o primeiro-ministro António Costa ofereceu ao Presidente da República Popular da China, na sua visita oficial a Portugal, decorrida no passado mês de Dezembro.

São já mais de cinquenta os anos de relação comercial entre a mais antiga empresa de vinhos nacional, implementada na Região Demarcada do Douro, e o mercado asiático – Macau, Hong Kong e China. Uma ligação que tem vindo a ser incrementada nos últimos anos – daí a escolha – e que agora se acentua. A Companhia está já a planear acções de promoção no mercado chinês.

Pedro Silva Reis no jantar oferecido por Marcelo

Se o Quinta dos Aciprestes tinto 2016 marcou presença naquele que foi um almoço privado, coube a Pedro Silva Reis, presidente da Real Companhia Velha, ser um dos empresários presentes no jantar que Marcelo Rebelo de Sousa ofereceu a Xi Jinping, sua comitiva e membros da sociedade civil, no Palácio da Ajuda.

Aromas de ameixa preta e de cerejas

O Quinta dos Aciprestes tinto 2016 apresenta cor granada limpa e profunda. No nariz denota os aromas de ameixa preta e de cerejas que combinam com as nuances de baunilha provenientes dos estágio de um ano em balseiros de carvalho francês.

Na boca, exaltam-se os sabores frutados. O final é estruturado e cheio de elegância. A expressão singular do Douro Vinhateiro, a pedir pratos de caça e carnes vermelhas.

Trata-se de um vinho de Quinta, com terroir na margem esquerda do Douro, em frente à foz do Rio Tua, na fronteira entre as sub-regiões do Cima Corgo e Douro Superior, e que tem origem em uvas de Vinhas Velhas.

Destacam-se as castas (autóctones) Tinta Barroca e Tinta Roriz, pautadas também pela presença de Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinto Cão e Tinta Amarela.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

BPI e John Deere renovam parceria para financiamento de máquinas agrícolas

A parceria apoiou, nos últimos cinco anos, a aquisição de 1.734 tractores, num montante global …

Um comentário

  1. Este facebook!!!!,este país!!! virou um mundo do vinho ..não se fala de outra coisa!!!
    Será este o PETRÓLEO DE QUE TANTO SE FALA???

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.